O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Assassinato em condomínios

Em menos de um mês, duas pessoas foram mortas assim, na Paraíba

Publicado em: sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Duas pessoas já foram assassinadas em Campina Grande, dentro de condomínios

 Os muros que cercam os condomínios não tem sido suficientes seguros para evitar a entrada de armas. Duas pessoas já foram assassinadas em Campina Grande, dentro de condomínios em menos de um mês. O último crime aconteceu na tarde de ontem. Um homem de 18 anos foi assassinado dentro de um apartamento em um condomínio residencial no bairro Bodocongó.

Dentro do apartamento onde o homem foi morto a Polícia Militar aprendeu tabletes de maconha. Um morador do mesmo prédio foi preso como suspeito do crime.

De acordo com as primeiras informações divulgadas pelo Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop) a motivação do crime ainda não foi esclarecida, mas, de acordo com o relato de moradores, suspeito e vítima tiveram uma briga e o suspeito teria atirado contra o jovem.

No final do ano passado, uma mulher de 25 anos, foi assassinada dentro de um condomínio também em Bodocongó, quando ela chegava em casa com o marido e os filhos,

As imagens conseguidas pela polícia mostraram o momento em que o homem vai em direção à casa da vítima e depois ele aparece correndo em para uma moto, onde estava um comparsa que o auxiliou na fuga.

Fonte: http://www.pbagora.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...