O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Coleta seletiva

Santo André convocou síndicos e zeladores para evento sobre assunto

Publicado em: segunda-feira, 9 de maio de 2016

Síndicos e zeladores se engajam em Programa de Coleta Seletiva

Cerca de 80 pessoas participaram de evento do Semasa para discutir sobre a reciclagem em condomínios
 
Santo André tem em seu território cerca de 700 condomínios, responsáveis pela produção estimada de 17% dos resíduos domiciliares. Apenas 286 destas copropriedades estão inscritas no Programa de Coleta Seletiva. Buscando reverter esse quadro, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) realizou, na última quarta-feira (4/5), novo encontro com síndicos e administradores para falar sobre Coleta Seletiva.
 
Cerca de 80 pessoas participaram do evento. Na primeira reunião entre a autarquia e representantes de condomínios, em dezembro do ano passado, 50 pessoas compareceram. A ação fez parte da campanha
‘Nunca uma separação teve um final tão feliz’, iniciada em 2015, com a missão de ampliar o índice de reciclagem do município. Atualmente em 12%, o objetivo da cidade de Santo André é alcançar o índice de 20% nos próximos anos, percentual que já foi realidade entre 1996 e 2000.
 
“Para batermos nossa meta e reafirmarmos nosso pioneirismo, é fundamental que os condomínios participem da campanha e, para isso, o Semasa acredita no fortalecimento do diálogo entre as partes”, afirmou Sebastião Ney Vaz Jr., superintendente do Semasa, durante a abertura do encontro, que foi organizado com o apoio do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), da Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC (Acigabc) e do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Crecisp).
 
A vice-prefeita Oswana Fameli lembrou a importância do encontro para fortalecer a responsabilidade compartilhada na gestão de resíduos. Segundo o Plano Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal 12.305/2010), os consumidores também são responsáveis pela redução de resíduos e rejeitos, visando diminuir o impacto à saúde e ao meio ambiente, e devem aderir à coleta seletiva quando implantada no município.
 
“Ampliar a coleta seletiva é uma prioridade municipal e precisamos do apoio de todos. O Semasa e a Prefeitura se colocam, inclusive, à disposição dos condomínios que desejarem agendar uma reunião sobre o assunto com os moradores.”
 

Publicações

Receptivos à iniciativa, os síndicos e zeladores presentes puderam assistir a uma apresentação sobre a gestão de resíduos em Santo André e tirar dúvidas sobre o Programa de Coleta Seletiva da cidade.
 
Também receberam uma cartilha e um cartaz, entre outras publicações desenvolvidas pelo Semasa, para orientação e disseminação da prática dentro dos condomínios.
 
Síndico do condomínio Blue Residence, na Vila Júlia, há cerca de um ano, Carlos Evangelista fez questão de comparecer.
 
“Alguns moradores conhecem o trabalho do Semasa e já estavam questionando quando começaríamos a participar. Hoje, vim até aqui para tirar todas as nossas dúvidas e entender qual é a melhor forma de separar e descartar os resíduos em nosso condomínio.”
 

Selo Ambiental

Marcus Santaguita, presidente Acigabc e representante do Secovi, falou ainda sobre a criação de um ‘Selo Ambiental’ para os condomínios engajados com a coleta seletiva.
 
“Queremos reconhecer aqueles que praticam esse e outros métodos sustentáveis, bem como estimular e auxiliar os condomínios que ainda encontram dificuldades.” O projeto está em fase de estudo pela Acigabc e pelo Semasa.
 

NO SITE

 
 O cartaz e a cartilha com dicas e orientações para uma coleta mais eficaz nos condomínios e edifícios, desenvolvidos pelo Semasa, estão disponíveis para download no site da autarquia (www.semasa.sp.gov.br). Dúvidas e sugestões podem ser encaminhadas ao endereço coletacondominio@semasa.sp.gov.br.

Fonte: http://www.abcdoabc.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...