O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Coleta seletiva

Condomínios de Vitória começam a fazer a separação do lixo

Publicado em: terça-feira, 25 de junho de 2013

 Conscientização sobre coleta seletiva chega aos condomínios da capital

Iniciativa teve o objetivo de orientar os moradores sobre a separação do lixo
 
"Quem entende de coleta seletiva?" Assim começou o bate-papo no condomínio West Plaza, em Santa Lúcia. Em um clima de alto astral, secretárias do lar, zeladores e moradores do prédio foram orientados sobre como fazer a separação do lixo para que ocorra a coleta seletiva.
 
A ação abordou os seguintes temas: separação de resíduos secos e úmidos, processo de coleta seletiva e descarte de material eletrônico, entulhos e móveis usados. Durante o bate-papo, alguns voluntários fizeram a separação de vários resíduos (lixo cenográfico), mostrando que entenderam o processo e vão participar da coleta seletiva na cidade.
 
"Essa iniciativa é muito boa. Mas, infelizmente, nos próprios apartamentos, as pessoas não separam o lixo. Os moradores precisam entender que o lixo úmido suja os outros. Eu já tenho o trabalho de fazer a separação. Nós precisamos é nos tornar apaixonados pela cidade em que vivemos, pois quem ama cuida", frisou a secretária do lar Sheila da Silva Rodrigues.
 
"Eu já fazia a separação na minha casa e agora vou fazer aqui no trabalho também", contou a secretária do lar Tereza Conceição de Jesus.
 
O médico veterinário Carlos Henrique Bucher, morador do condomínio, destacou a importância da iniciativa. "Iniciativas assim só melhoram a cidade. Todo mundo tem que ter consciência ecológica. É preciso acabar com o mito de que lixo não tem valor. No lixo, há oportunidade", disse.
 
A Secretaria Municipal de Serviços (Semse) mostrou a importância da participação de cada um no processo. "Vocês fazem a diferença. Quando vocês separam o lixo, vocês beneficiam os catadores, o meio ambiente e o planeta", afirmou o coordenador de Coleta Seletiva, Admilson de Souza Dias.
 
"Esse bate-papo ajuda bastante. Nós já fazíamos a separação e agora vamos continuar fazendo", explicou o síndico do condomínio, Ronaldo Teixeira Gama.
 
"Estamos trabalhando os funcionários e moradores, pois todos precisam ser multiplicadores dessa ideia. Queremos que toda a cidade esteja envolvida na coleta seletiva", comentou o gerente de recebimento, benefício e destinação, Marcos Marinho Delmaestro.
 
O trabalho de sensibilização e conscientização sobre a coleta seletiva nos condomínios da capital continuará. A próxima ação já está marcada para o bairro Praia do Canto.
 

Processo

 
A coleta seletiva é o recolhimento de materiais recicláveis que foram previamente separados do lixo comum pela população. Ao tornar possível a reciclagem, ela permite que o vidro, o papel, o plástico e os metais existentes nos objetos descartados sejam utilizados na confecção de novos produtos. Por sua vez, esse reaproveitamento reduz a quantidade de resíduos destinados ao aterro sanitário, aumentando sua vida útil e preservando o meio ambiente.
 
O recolhimento dos materiais recicláveis é realizado conforme programação definida pela Secretaria Municipal de Serviços (Semse). O serviço é feito em caminhões munck ou baú, pois os resíduos não podem ser compactados. A partir daí, o lixo seco é transportado até a Unidade de Transbordo, em Resistência, onde é pesado, e de lá segue para a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis.
 
Em média, são coletadas 189 toneladas de recicláveis por mês, sendo a maior parte papelão e papel. Para participar da coleta seletiva da cidade, basta o cidadão separar o material em casa e entregar em um Posto de Entrega Voluntária (PEV) instalado em vias públicas em Vitória ou nos contentores apropriados já implantados em alguns condomínios. Encontre aqui o PEV mais perto de você para realizar o depósito de materiais recicláveis.
 
Os condomínios em Vitória podem solicitar a implantação da coleta seletiva nos prédios pelo Fala Vitória 156. Assim que é feita a solicitação, um técnico da Semse vai ao local para orientar e tirar dúvidas de como o processo é realizado

Fonte: http://www.vitoria.es.gov.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...