O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Coleta seletiva

Em Porto Velho, serviço da prefeitura vai começar com os condomînios

Publicado em: quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Coleta seletiva de lixo em Porto Velho inicia por condomínios

Os conjuntos residenciais Vilas do Madeira I e II e Veredas do Madeira são os primeiros de Porto Velho a terem implantados a coleta seletiva de lixo. O novo sistema de coleta de resíduos sólidos iniciou no último dia 17 e nos próximos meses a intenção é expandir o programa para outros condomínios entre eles o Edifício Cujubim, Residencial Volpi, Condomínio Santa Bárbara, Bosque do Madeira e Total Ville I e II.
 
A coordenadora do programa, Ellen Duarte, da Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), explicou que nessa primeira etapa a prefeitura implantará a coleta seletiva nos condomínios, usando mão de uma lei municipal, que obriga os conjuntos residenciais a utilizarem a coleta seletiva.
 
“A existência dessa lei facilitou o início da implantação do programa. Mas a intenção do prefeito Mauro Nazif é expandir a coleta seletiva para os bairros também, mas para isso, há a necessidade da assinatura de um convênio com cooperativas ou associações de catadores de resíduos sólidos. Por isso que o trabalho, por enquanto, será realizado nos condomínios”, adianta a coordenadora.
 
Atualmente em Porto Velho existem três entidades que trabalham com resíduos sólidos, a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Rua de Porto Velho (Asprovel), Associação de Catadores de Materiais Reciclados de Rondônia — Unidos pela Vida e a Associação Cata Norte. Das três, por enquanto, só a Unidos pela Vida está toda legalizada e tem um centro de triagem.
 
Enquanto o convênio não é assinado, e como forma alternativa de trabalhar a inclusão sócio produtiva dos catadores, a coleta seletiva nos condomínios é feita pela Marquise que leva o material recolhido para o centro de triagem da associação. “Essa foi a medida encontrada para que os catadores tenham uma fonte de renda enquanto o convênio não é finalizado”, explica a coordenadora.
 
Nos condomínios, uma equipe da Semusb e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) trabalha a parte da educação ambiental para que os moradores saibam como separar o lixo a ser reciclado. A conscientização é feita por meio de fólderes e palestras realizadas em assembleias com os moradores. A coleta é feita todas as terças-feiras, a partir das 14h.
 
“No momento, ainda estamos encontrando dificuldades com relação a segregação desse material. O lixo ainda vem mistura. Na primeira coleta, apenas quinze por cento do lixo estava separado corretamente”, explicou.
 
Para que a coleta seletiva dê certo, Ellen Duarte afirma que é preciso seguir algumas orientações como separar o material a ser reciclado e colocado para coleta para que possa ser recolhido no dia programado. O óleo de cozinha deve ser separado em garrafas pet para reaproveitamento na fabricação de sabão ecológico fabricado pelos catadores.
 
“Mas é preciso também, prestar atenção onde acondicionar esse resíduo sólido. O lixo seco, por exemplo, aquele que pode ser reaproveitado como metais, papéis, plásticos, vidros e embalagens devem ser colocados num saco azul. Já o lixo úmido, que não vai para reciclagem, como papéis e plásticos engordurados, papel higiênico e fraldas, deve ser acondicionado em sacos plásticos pretos e entregues para a coleta normal da prefeitura”, explica

Fonte: http://www.rondoniagora.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...