O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Como empresas

Condomínios oferecem cada vez mais estrutura e serviços diferenciados

Publicado em: quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

 Condomínios no Brasil começam a atuar como empresas estruturadas

Os apartamentos e as vilas residenciais fechadas estão se transformando nos atores principais de um fenômeno muito interessante. Trata-se da mudança de comportamento dos condomínios, que estão atuando como verdadeiras empresas. Atualmente, é cada vez mais comum encontrar pessoas que desejam morar em apartamentos, ao invés de se fixar em casas de rua. Por conta disso, os condomínios vêm aprimorando cada vez mais os seus serviços para satisfazer esses moradores, transformando os conjuntos habitacionais em empresas de grande funcionamento.
 
No século 21, os condôminos ganharam o status de cliente. Uma prova disso é a crescente busca dos síndicos, destes conjuntos habitacionais, por serviços terceirizados, que registraram um aumento anual de 25% a 30% na procura. São "empresas" que precisam gerenciar pessoas e recursos, além de lidar com questões jurídicas, trabalhistas, fiscais e operacionais. Segundo Amilton Saraiva, da GS Terceirização, a porcentagem dos novos prédios que contratam serviços terceirizados chegam a 70%, entre portaria, segurança, manutenção, e até administração.
 
"Num condomínio grande, com muitas demandas, não dá para esperar que um morador cuide de tudo. Ninguém tem tempo para fazer esse trabalho hoje em dia", explicou Saraiva.
 
Em alguns condomínios, a ocupação destes funcionários chega a ser de 99% para prestar atendimento aos moradores, bem como realizar serviços de limpeza geral. Inclusive, é possível encontrar até professores de educação física, que ajudam os moradores a realizarem atividades na academia do prédio. Muitos contam que acabam não conhecendo o funcionário, porém, nenhum deles registra alguma queixa em relação ao serviço que está sendo prestado pelo mesmo. 
 
Um condomínio se assemelha a uma empresa principalmente na parte administrativa. Ricardo Soares, síndico de um condomínio da zona sul de São Paulo, garante que esse fenômeno já é realidade e que deve funcionar perfeitamente se houver comprometimento de todas as partes. "Se não houver profissionalismo e seriedade na gestão do condomínio por parte do síndico, conselho e administradora, a empresa [condomínio] passa a não funcionar bem e os maus resultados começam a aparecer", conta.
 

Fonte: http://www.dci.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...