O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Condomínio e terceira idade

Espanha já conta com oito empreendimentos do tipo

Publicado em: terça-feira, 22 de novembro de 2016

Idosos criam condomínios para viver com amigos

O país já conta com oito condomínios voltados somente para idosos

Um dos maiores medos das pessoas quando envelhecem é o de ficarem sozinhas. Os filhos por vezes se mudam de cidade, os companheiros podem morrer ou se separar, e os últimos anos da vida podem ser passados sozinhos. Mas não para um grupo de idosos da Espanha.

De acordo com o jornal El País, o país já conta com oito condomínios voltados somente para idosos.

Nas moradias, que funcionam como uma espécie de república, os idosos amigos moram juntos, fazem esportes, teriapias alternativas, se divertem e sempre têm companhia para uma partida de xadrez ou mesmo um passeio no parque. Eles compartilham tarefas, mantêm-se ativos e conservam sua independência.

Para quem acha que o local tem cara de asilo, engana-se! Chamado 'cohousing', as moradias foram criadas e são administradas pelos próprios idosos, que decidem juntamente com os amigos como e onde querem passar a melhor idade. Os filhos poderão se aproveitar da moradia no futuro, pois os apartamentos podem ficar de herança.

Os valores para poder viver em uma cohousing na Espanha variam entre 50 mil e 140 mil euros (algo em torno de R$ 175 mil a R$ 490 mil) por ano.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...