O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Condomínio invadido

Moradores são expulsos de suas unidades, em Vila Velha

Publicado em: quarta-feira, 6 de maio de 2015

Mais moradores denunciam invasões a imóveis em Vila Velha, ES

Condomínio do 'Minha Casa, Minha Vida' são alvos de criminosos.Secretário informou que Policia Civil está investigando os casos.
 
Mais moradores de um conjunto habitacional do programa 'Minha Casa, Minha Vida', no bairro Jabaeté, em Vila Velha, relataram casos de arrombamentos e roubos nos imóveis. O caso já havia sido denunciado pela dona de um dos apartamentos. A polícia já começou a investigar.
 
Representantes da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) estiveram no local nesta segunda-feira (4), para apurar as denúncias. O secretário André Garcia disse também que o policiamento no bairro foi reforçado.
 
Os moradores disseram que estão sendo expulsos de casa por criminosos. Segundo as vítimas, eles tiveram as residências invadidas e não podem mais voltar. Outros relataram arrombamentos e furtos. Para eles eles, há uma quadrilha de traficantes agindo no condomínio.
 
Uma moradora disse que registrou boletim de ocorrência e que outras pessoas já haviam feito o mesmo. Ela reclamou da demora nas investigações.
 
“Não fui só eu que denunciei, me falaram que já tinha mais de 20 boletins de ocorrência. A polícia já sabia. Tanto sabia que tinha meu número de telefone, porque me ligaram”, contou a moradora, que preferiu não se identificar.
 
O condomínio foi entregue em julho de 2014, mas os moradores dizem que isso foi feito de forma precária, já que não havia muros,  apenas uma grade que separa a rua das casas. Outra reclamação é que não existe portaria ou porteiro, permitindo a entrada de qualquer pessoa.
 
Uma moradora relatou que não consegue dormir tranquila. "Você vê outra casa sendo arrombada e não pode fazer nada, senão você pode levar um tiro. A gente não sabe, não é gente daqui”, contou.
 
Uma outra moradora contou que, em abril, a casa dela foi invadida e teve a fechadura trocada, além de vários bens terem sido furtados. “Levaram tudo da minha residência. Eu fiquei perdida. Levaram cama, fogão, botijão, roupas e sapatos”, relatou.
 
Depois das denúncias o secretário André Garcia, disse que os casos estão sendo investigados. “O que nós temos levantado até ao momento é que as situações estão se configurando invasão de propriedades que estão desocupadas ou precariamente ocupadas, sem a presença constante do cidadão, por alguns grupos que estão sendo investigados pela Polícia Civil”, disse.
 
O secretário ainda garantiu que o policiamento no bairro vai continuar para dar segurança aos moradores. Além disso, recomendou que eles façam controle de entrada e saída de pessoas no condomínio.
 
Em nota, a Caixa Econômica Federal, responsável pelo financiamento do condomínio, informou que o conjunto pertence à primeira fase do programa “Minha Casa, Minha Vida”, que permitia que os prédios fossem cercados por telas, sem guarita.
 
A Caixa disse, ainda, que uma equipe vai apurar as denúncias de invasões. Caso haja comprovação, vai comunicar o caso à Polícia Federal.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...