O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Condomínio novo

Conjunto novo já apresenta problemas problemas estruturais

Publicado em: segunda-feira, 25 de julho de 2016

Problemas persistem em conjunto do Santa Bárbara 

Entregue há pouco mais de um ano, o conjunto da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), no bairro Santa Bárbara, está repleto de problemas estruturais que, segundo os moradores, têm transformado suas vidas em um verdadeiro tormento. 

Síndico do prédio, Carlos Roberto Pereira relata diversas falhas nos apartamentos no bloco “P2”. Segundo ele, algumas foram temporariamente sanadas pela construtora, após as primeiras reclamações que surgiram em janeiro deste ano, mas a maioria persiste.

“A maioria dos apartamentos apresenta problemas de fissuras e rachaduras, assim como na parte externa dos apartamentos; a água empossa em várias partes e, quando chove, as escadas viram uma verdadeira cachoeira”, disse o síndico.

“Os apartamentos estão com umidade e muitas infiltrações. Os pombos estão por toda parte e, mesmo depois de prometer que providenciariam redes para evitar que as fezes deles caíssem nas casas, os responsáveis pelas obras ainda não cumpriram o que foi dito. Estamos com nossas prestações em dia e temos os nossos direitos, eles precisam ser respeitados”, disse a moradora Edna Rodrigues, 46.

Na última quarta-feira, funcionários da CDHU estiveram no conjunto habitacional para uma vistoria. Em nota, a empresa informou que a construtora responsável pelo conjunto habitacional já efetuou reparos de problemas hidráulicos, elétricos, de revestimento e nas escadas, após ser notificada em janeiro. Agora, a equipe técnica irá elaborar um laudo e, caso seja identificado que ainda há outros problemas no condomínio, a construtora será novamente notificada. 

De acordo com o síndico, a empresa, após a visita, prometeu analisar novamente as pontuações feitas pelos moradores. Mas, se não forem atendidos, eles devem procurar a Justiça para garantir seus direitos, já que a garantia dos apartamentos é de cinco anos.

Fonte: http://gcn.net.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...