O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Desabamento em Goiânia

Três operários morreram e cinco ficaram feridos na última sexta-feira

Publicado em: terça-feira, 19 de junho de 2012

 Começa investigação sobre acidente no prédio em construção de Goiânia

Estudos que podem identificar as causas do acidente terminam em 30 dias. Desabamento de laje matou três operários na última sexta-feira (23).
 

 

A investigação sobre a causa do acidente num prédio em construção, no setor Celina Park, em Goiânia, começou nesta segunda-feira (26).
 
Uma equipe de profissionais do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado de Goiás (Crea-GO) visitou a construção para fazer um levantamento detalhado sobre o desabamento que matou três operários e feriu outros cinco na sexta-feira (23).
 
O Crea deve concluir os estudos que podem identificar as possíveis causas do acidente em 30 dias.  O assessor jurídico do Crea, Divino Terêncio Xavier, já tem uma primeira impressão:
 
“Aqui tem equipamento de segurança, mas ainda não sabemos se foi utilizado no momento do acidente, o que vai ser apurado”.
 
De acordo com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE-GO), a construção civil é o terceiro setor da economia em que mais ocorrem acidentes. Segundo a SRTE, devido à grande necessidade de mão de obra, os funcionários recém-contratados trabalham sem o treinamento adequado.

Fonte: http://g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...