O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Desabamento no ES

Piscina pode ter dado o primeiro sinal de que havia algo de errado

Publicado em: segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Vazamento em piscina de condomínio de luxo começou horas antes do desabamento, diz laudo

O documento contém o histórico do desabamento e as recomendações de segurança para a continuidade dos trabalhos da perícia criminal e estrutural

A Defesa Civil de Vitória entregou o relatório técnico de vistoria feira no condomínio Grand Parc para a Polícia Civil, a Defesa Civil Estadual e também para os moradores do condomínio na tarde desta sexta-feira (29). O documento contém o histórico do desabamento e as recomendações de segurança para a continuidade dos trabalhos da perícia criminal e estrutural.

De acordo com o relatório, a partir das imagens das câmeras de videomonitoramento, a Defesa Civil descobriu que o vazamento na piscina começou por volta de 1h40 da madrugada, do dia 19 de julho. Por volta das 2h55, a água passou a escorrer de forma mais intensa pelos pilares que sustentavam a piscina, e exatamente às 3h02 toda a estrutura desabou.

A Defesa Civil Municipal recomendou no relatório que a entrada no condomínio Grand Parc deve ser feita somente por uma equipe qualificada, com acompanhamento técnico e nas áreas já escoradas.

Outra recomendação é de que seja contratada uma empresa na área de análise estrutural para confirmar por meio de equipamentos se não existe risco das torres desabarem.

Com a entrega do relatório, a Defesa Civil Municipal encerra os trabalhos no condomínio. De acordo com o comitê formado pelos moradores do Grand Parc, o trabalho de topografia continua sendo feito no local para verificar a estabilidade das torres. O comitê Informou ainda que a Polícia Civil e a construtora Cyrela também realizam alguns serviços no condomínio, como por exemplo, a limpeza do local.

Os "estalos" foram ouvidos da piscina

Desabamento: O desabamento aconteceu durante a madrugada da última terça-feira (19). Além do porteiro que ficou desaparecido e depois foi encontrado morto, pelo menos cinco pessoas ficaram feridas, entre elas, o síndico e quatro funcionários do prédio. Foram três lajes que caíram, sendo a área de lazer, a área da garagem e a área do subsolo.

Ligação: A filha do síndico do prédio disse que um dos porteiros ligou dizendo que estava ouvindo ‘estalos’ na área da piscina. Com isso, o pai dela desceu para ver o que estava acontecendo. As lajes desabaram e o síndico acabou ferido. 

Carros: Com o desabamento, pelo menos 50 carros foram totalmente destruídos. O Coordenador da Defesa Civil de Vitória, Jonathan Jantorno, informou que toda a área de lazer do prédio está comprometida. 

Corpo: Após quase 15 horas de buscas, foi encontrado, no início da noite de terça-feira (19), o corpo do porteiro Dejair das Neves, que estava desaparecido. Ele estava entre a laje da área de lazer do condomínio e a laje do térreo. A vítima estava trabalhando no momento da tragédia.

Enterro: Amigos e familiares de Dejair das Neves, porteiro do residencial Grand Parc, se reuniram na tarde de quarta-feira (20) para a última despedida. O velório aconteceu em uma igreja do bairro São Francisco, em Cariacica. O sepultamento ocorreu no fim da tarde do mesmo dia.

Falha: No dia seguinte à tragédia, o engenheiro e diretor-presidente do Instituto Capixaba e Mineiro de Perícia, Eder Mascarenhas, fez uma análise da estrutura do prédio. Segundo ele, o objetivo agora é identificar se houve falha de projeto ou execução.

“Um dos erros mais comuns em projetos são falhas em cálculos estruturais e na execução da obra é a mudança dos parâmetros do projeto”, explicou.

Síndico: José Fernando Leite Marques, síndico do condomínio, passou por uma cirurgia para a fixação da fratura do fêmur, na tarde de quinta-feira (21), no Hospital Meridional. Ele recebeu alta no dia 28.

Fonte: http://www.folhavitoria.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...