O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Inadimplência

Devendo o condomínio

Inadimplência afeta os benefícios dos moradores de um condomínio em RN

Publicado em: segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Taxas de condomínio têm inadimplência superior a 67 por cento

No Residencial Waldermar Rolim a taxa de condomínio é de R$ 73,00. Parece barato, mas um aviso fixado nas portas de cada bloco lembra que a inadimplência está alta, mais de 67% dos condôminos não pagam o valor e a dívida acumulada é superior a R$ 166 mil. “É difícil administrar com essa situação. A gente vai fazendo o que pode”, diz o síndico Rafael Bacelar.
 
Sem dinheiro, alguns benefícios foram cortados. Um exemplo disso é a iluminação interna.  Alguns pontos ficam no escuro durante a noite. O problema é motivo de discórdia entre os moradores. Algumas donas de casa, ao notarem a presença da equipe de reportagem no local, demonstraram insatisfação. “A gente paga um condomínio caro. Mais caro que os apartamentos de luxo e ainda não tem luz?”, questionou a aposentada Maria Antonieta, 54 anos.
 
A inadimplência também é o estopim para outras discussões. “Eu não posso pagar pelos outros nem deveria ser punida porque os outros não pagam. O síndico era para cobrar quem não paga”, colocou a dona de casa Diana de Araújo, 26 anos. Já para Laiza da Silva, 31 anos, falta consciência nos moradores. “Muitos reclamam e não pagam o que devem. Todos deveriam ajudar”, disse.
 
As dificuldades não param aí. Há alguns meses, depredaram a área de lazer existente no local. Levaram cadeiras e mesas de plástico. O parquinho de madeira que deveria ser usado apenas para diversão das crianças também foi depredado. “Isso foi feito pelos próprios moradores. O pessoal não tem consciência de que isso é nosso, que devemos zelar por ele”, diz Silvana de Medeiros.
 
Silvana é auxilar administrativa do condomínio e foi uma das dezenas de pessoas que investiu no apartamento de 2 quartos, 1 sala, cozinha e banheiro para melhor conforto da família. “Mudei os pisos da cozinha e banheiro. Fiz umas adaptações para ficar melhor. Gastei por volta de R$ 5 mil”, informou.
 
Para evitar que novos atos de vandalismo e violência fossem registrados, a administração do Waldemar Rolim contratou segurança privada. Porém, se a inadimplência continuar, os moradores correm o risco de ficarem sem o serviço.

Fonte: http://nominuto.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...