O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Economia de água

Condomínio antigo no Rio mostra como poupar recursos

Publicado em: quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Prédio antigo de Copacabana mostra exemplo de economia de água

Condomínio passou a utilizar sistema de armazenamento de água da chuva. Com os reservatórios de água cada vez mais baixo, poupar água é urgente.   Com dois dos quatro reservatórios de água que abastecem o estado do Rio operando com o volume morto, economizar água se torna cada vez mais urgente e imprescindível. No mais antigo arranha-céu de Copacabana, construído em 1928, um sistema inteligente de consumo de água reaproveita a água da chuva.

Conforme mostrou o RJTV, foram instaladas no prédio oito caixas d’água com capacidade para 500 litros cada. Elas captam a água da chuva e, com ela, são abastecidos três banheiros do térreo e o lava-pés dos moradores que chegam da praia.

“Primeiro, a gente lavava isso tudo aqui, era água pra caramba. Agora, não, só vassoura, muito melhor”, conta Luiz Gonzaga, porteiro do edifício.  

O prédio também assumiu os custos do conserto de qualquer vazamento ou infiltração nos apartamentos. O síndico se orgulha dos resultados da economia de água e de dinheiro em um dos prédios mais antigos do bairro.

“Faço estimativa que nesse período de quatro anos que estamos com esse sistema pelo menos 60 mil reais em economia em valor, deixamos de pagar à Cedae, e creio que isso é cerca de 30% mensal que estamos deixando de usar”, disse o síndico José da Costa Carvalho.

“Sempre você tem possibilidade de fazer em qualquer prédio. O exemplo está aqui, que é um prédio do início do século passado, que não estava adaptado para nada disso e conseguimos fazer com excelente retorno”, acrescentou o síndico.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...