Segurança

Falso técnico da TV a cabo

Bandidos se disfarçam de prestadores de serviço para entrar em condomínios

Publicado em: quinta-feira, 20 de abril de 2017

Golpe da ‘falsa’ TV a cabo deixa prédios em alerta na capital paulista

Fique alerta: bandidos disfarçados de funcionários de empresas de TV a cabo tentam entrar na sua casa. Em geral, eles chegam uniformizados, com crachá, na portaria de condomínios, e pedem para ir a um apartamento que normalmente tem o serviço, alegando manutenção. O morador, desavisado, permite a subida. E o assalto acontece.

O Metro Jornal recebeu relatos de ao menos um assalto e uma tentativa de assalto na modalidade nas últimas semanas. Em um condomínio na Barra Funda (zona oeste), os ladrões conseguiram entrar no apartamento e roubaram o morador.

Em Higienópolis (centro), uma tentativa foi frustrada porque o morador entrou em contato com a operadora, que negou que tivesse mandado o serviço.

Foi por receber o relato de um síndico de tentativa de invasão desse tipo que a Hubert emitiu comunicado aos prédios sob sua gestão alertando para o golpe.

“No início deste ano, uma pessoa se apresentou como representante de uma dessas empresas e queria entrar em um condomínio que administramos. O síndico teve o cuidado de entrar em contato com a empresa e descobriu que não havia ordem de serviço. Depois, ele me relatou e resolvemos fazer um alerta para os demais prédios. Não para assustar, mas para prevenir”, disse Hubert Gebara, diretor do grupo Hubert.

A prevenção também levou a Assosíndicos a alertar seus associados, síndicos, que o golpe está na “praça”, para que orientem os funcionários dos prédios que administram.  

Operadora orienta como conferir 

As empresas de TV a cabo orientam os clientes a sempre confirmarem em suas centrais se houve envio de funcionários para prestar serviço na casa do consumidor. O telefone da NET é 10621 e o da SKY é 10611.

A NET informou que não tem registros de casos como os relatados. A SKY alerta que, quando o cliente  pede serviço, ela passa número de protocolo  que pode ser usado para conferir se a pessoa que está na porta é realmente funcionária da companhia. 

Fonte: http://www.metrojornal.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...