O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Focos de dengue

Condomínio interditado em Forteleza tem criadouros do mosquito

Publicado em: terça-feira, 28 de abril de 2015

Agentes encontram focos de dengue em edifício interditado em Fortaleza

 
Moradores da região solicitaram vistoria de agentes de endemia no local.Prefeitura orienta população a pedir visita nas ouvidorias da Regionais.
 
Depois moradores da região demonstrarem preocupação, agentes de endemias da Secretaria Regional II realizaram uma visita e encontraram focos do mosquito Aedes aegypti no Edifício Versalhes, no Bairro Meireles. O local está interditado há 50 dias depois do desabamento da varanda de um dos apartamentos que deixou duas vítimas.
 
De acordo com a Secretaria Regional II, os técnicos eliminaram os focos do mosquito do edifício. Na piscina do prédio, foram depositados peixes larvófagos, que elimina de forma natural, possíveis focos na área. Depois do acidente no dia 2 de março, a Defesa Civil de Fortaleza interditou o prédio e os moradores foram obrigados a deixar seus apartamentos.
 
A inspeção realizada pelo Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea), o desabamento ocorreu por falta de manutenção. A construtora afirma que não pode se responsabilizar por uma obra que não passa por manutenção desde que foi construído, em 1984.
 

Denúncias e vistorias

 
A Prefeitura de Fortaleza alerta que a população deve solicitar vistorias técnicas para eliminar possíveis focos de dengue por meio dos telefones das ouvidorias das Regionais. O serviço “Alô Dengue” não existe mais. Os moradores devem entrar em contato com a ouvidoria da Regional que atende o seu bairro.
 
Os telefones das ouvidorias são: 3433-6823 / 3433-6879 (Regional 1); 3241-4817 (Regional 2); 3488-3256 (Regional 3); 3433.2862 (Regional 4); 3294-6747 (Regional 5)  e 3452-9359 (Regional 6).
 
De janeiro a 18 de abril de 2015, foram registrados 17.422 casos suspeitos de dengue no Ceará. Na análise comparativa em relação ao ano de 2014, observou-se aumento de 63% dos casos notificados no Ceará para o mesmo período. A capital cearense foi responsável por 54,7% dos casos de Dengue com Sinais de Alarme e o interior com 67% dos casos de Dengue Grave.
 
Segundo o boletim epidemiológico, Fortaleza registrou 1.287 casos confirmados. A Regional 1 teve 163 casos de dengue; a Regional 2 apresentou 56 casos; a Regional 3, 99 casos de dengue; a Regional 4, 85 casos; a Regional 5, 125 casos e a Regional 6, 759 casos de dengue.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...