O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Fraude de boletos

Manter antivírus em dia é dica de segurança do presidente do Secovi-RJ

Publicado em: quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Atenção aos boletos bancários de aluguéis e cotas condominiais

Nos últimos dias, a imprensa vem noticiando que uma quadrilha especializada em fraudar boletos bancários vem atuando fortemente no Rio de Janeiro. Como as administradoras utilizam o boleto bancário para realizar a cobrança das cotas condominiais, bem como dos aluguéis dos imóveis sob a sua administração, é necessário fazer alguns esclarecimentos quanto à origem do problema e eventuais medidas de segurança que devem ser observados por todos – inclusive pelos próprios condôminos, locatários ou destinatários finais da cobrança.
 
Em linhas gerais, a fraude se dá através da alteração do número e/ou do código de barras existentes no boleto enviado pela administradora, que é modificado com a inclusão de uma conta bancária de terceiros, resultando no desvio e na apropriação ilícita dos recursos.
 
Segundo os especialistas, o fato se dá pela provável contaminação do computador do usuário com vírus, sendo, portanto, recomendável a periódica atualização do antivírus como forma de minorar e mesmo eliminar os riscos da fraude.
 
A outra forma mais comum de fraude tem ocorrido no momento em que o boleto é pago através do internet banking. Também por conta da contaminação do computador do usuário, o vírus altera o código constante no boleto enviado pela administradora, no momento da sua digitação, resultando no desvio dos recursos para a conta de terceiros.
 
Por isso, como a fraude compromete seriamente a segurança da transação, tendo a sua origem identificada por ora no meio virtual, entendemos ser fundamental que tanto as administradoras, quanto os usuários dos seus serviços (condôminos, locatários, etc) mantenham sempre os seus computadores protegidos e atualizados, com a utilização de algum antivírus, de forma a afastar o problema.
 
Pedro Wähmann
Presidente do Secovi Rio

 

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...