O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Função de síndico

Profissionalização vira tendência para quem quer boa gestão

Publicado em: quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

 Capacitação torna-se essencial para desempenhar trabalho de síndico

Profissionalização da atividade tem crescido e oferece boas oportunidades no mercado de trabalho
 
Para exercer a função mais importante do condomínio é preciso capacidade de gestão e jogo de cintura. As tarefas a serem cumpridas aumentaram, já que as áreas internas dos condomínios estão cada vez mais complexas, com academia, piscina aquecida, espaço gourmet, entre outras conveniências. Administrar tudo isso de forma que agrade aos moradores não é nada fácil. Por isso está cada vez mais difícil encontrar condôminos dispostos a assumir essa responsabilidade, e a alternativa mais indicada passa a ser a terceirização do serviço.
 
Para executar o trabalho corretamente é necessário conhecimento financeiro, de recursos humanos e legislação. “O síndico profissional deve estar preparado para administração das compras, controle de horas extras dos funcionários, cumprimento de normas regulatórias, entre outras questões que geram economia para o condomínio e aumentam a satisfação dos moradores”, revela o administrador Ricardo Karpat, da Gabor RH.
 
Porém, o cargo de síndico não se aprende na escola ou na faculdade. Exatamente por isso surgem no mercado cursos especializados em capacitação. Além de profissionalizar os interessados, o curso habilita a pessoa para atuação em mais de um empreendimento, transformando a atividade em uma alternativa bastante interessante de trabalho.
 
Segundo Karpat, o salário de um síndico profissional bem sucedido, com uma boa carteira de clientes, gira em torno de R$ 30 mil.
 
“Individualmente, os condomínios pagam entre R$ 2 mil e R$ 15 mil, dependendo do tamanho do empreendimento a ser gerenciado, sendo que o mesmo profissional pode trabalhar para mais de um condomínio simultaneamente. Acredito que, em empreendimentos de grande porte, duas horas diárias, três vezes por semana, é o suficiente para que o profissional dê plantão de atendimento e realize a supervisão do local”, declara o administrador.
 
O curso para síndicos profissionais é dividido em 10 módulos, com uma aula presencial de três horas por semana, durando aproximadamente dois meses e meio. No conteúdo abordado, há gestão empresarial, contábil e fiscal, segurança, política de sustentabilidade, entre outros.

Fonte: www.gaborrh.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...