O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Funcionário terceirizado envolvido

Vigilante de condomínio é suspeito de assassinar médica em Búzios

Publicado em: segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Vigilante é procurado por assassinato de médica em condomínio de Búzios

Segundo a Polícia Civil, pertences do homem tinham sangue da vítima. Homem trabalhava para empresa de vigilância do condomínio.

Um vigilante está sendo apontado pela Polícia Civil como o principal suspeito pela morte da médica Maria Júlia Matteotti Cavalcanti M. de Oliveira, de 66 anos, encontrada com sinais de violência no sábado (27) na casa que morava, em um condomínio de luxo em Armação dos Búzios, na Região dos Lagos do Rio.

Segundo o delegado de polícia Sergio Caldas, que está respondendo pela 127ª DP, o suspeito tem 31 anos e está foragido. Sangue da vítima foi encontrado nos pertences dele.

O homem era empregado de uma empresa de vigilância patrimonial contratada pelo condomínio. A polícia informou que, durante as investigações, surgiram indícios de envolvimento do crime do vigilante e, por causa disso, o Delegado de Polícia Rômulo Alves representou pela expedição de mandado de busca e apreensão na casa do autor, o que foi aceito pela Justiça.

"Os peritos da DHNSG realizaram um minucioso trabalho, analisando as roupas, objetos e o veículo do autor, onde foi constatada a presença de sangue da vítima", informou a Polícia Civil. Ainda segundo as informações da 127ª DP, as investigações estão concluídas.

A investigação mostrou que não havia sinais de arrombamento e a casa de Maria Júlia estava toda arrumada. A ginecologista teria sido morta na quinta-feira (25) e encontrada amarrada no sábado.

O G1 questionou a Polícia Civil sobre uma possível motivação do crime e como o homem foi identificado mas ainda não recebeu resposta.

Cena do crime

O delegado Rômulo Prado descreveu a cena onde o corpo foi encontrado. Segundo ele, tudo indica que houve luta corporal e a médica tentou se defender.

"Aparentemente ela foi morta no segundo andar, no quarto onde estava. O local está em desalinho. O colchão afastado, algumas roupas pelo chão. A marca de arrasto em degraus do segundo pavimento para o térreo, depois uma breve interrupção, uma poça mais embaixo, o que dá a entender que quem a matou no segundo pavimento, por algum motivo, quis tirar o corpo do local - talvez o corpo tenha ficado pesado ou incômodo demais -, o segurou posteriormente, o jogou ou caiu e, em seguida, por algum motivo, levou o corpo para um hall de entrada, um corredorzinho que se tem acesso logo após a porta principal", descreveu o delegado.

"Ela deve, pelos ferimentos, ter sido desacordada ou ficado próximo a isso depois de ter recebido um golpe, possivelmente um soco. Isso pode ter provocado um desmaio, o que possibilitou o amarrar da vítima da forma como foi encontrada. Por enquanto, o que se tem é isso", finalizou.

O delegado disse ainda que a mata próxima ao condomínio será explorada em busca de possíveis marcas de fuga do autor do crime. Além disso, filmagens de câmeras de segurança do entorno do local serão pedidas.

Enterro

Maria Júlia Matteotti foi enterrada nesta quinta-feira (1º) no Cemitério São João Batista, em Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro. Amigos e familiares acompanharam o cortejo do corpo da médica até o túmulo sob forte emoção e indignação por não saber o motivo de sua morte violenta.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...