O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Manutenção

Incêndio no MA

Falha em sistemas internos do condomínio complicou salvamento

Publicado em: segunda-feira, 8 de junho de 2015

Bombeiros constatam problemas em prédio onde houve incêndio no MA

Bombas automáticas não funcionaram no momento do incêndio. Síndico admite falhas em sistema de prevenção em edifício de luxo em SL.
 
O síndico do condomínio de luxo Farol da Ilha, Manoel Ximenez, onde houve um incêndio nesta terça-feira (2), na Avenida dos Holandeses, em São Luís, admitiu que o lugar não possui um sistema eficiente de prevenção a incêndios. Ele afirmou que os órgãos públicos deram licença para que o empreendimento fosse liberado.
 
“Em fevereiro deste ano o Corpo de Bombeiro fiscalizou, vistoriou e deu um laudo dizendo que estava tudo ok”.
 
Ele criticou o projeto da construtora do empreendimento que não previu, por exemplo, espaço para a entrada de caminhões do Corpo de Bombeiros em casos de emergência.
 
“Esse projeto é mal feito, é mal elaborado e a Prefeitura aprovou. Nós não temos acesso a nenhum prédio, o corpo de bombeiro não encosta. Não tem como encostar, não tem acesso para o socorro. Isso porque foi em um prédio que ficas nas margens da rodovia. O plano de manutenção e o plano de fuga que deveria ter esses empreendimentos e que não tem. A Cyrela nem fez no projeto e nem apresentou até hoje”.
 
Na manhã desta quarta-feira (3) uma equipe do Corpo de Bombeiros realizou uma vistoria e constatou grandes problemas que vieram à tona após o incêndio no local. Pelo menos foi o que afirmou o comandante do Corpo de Bombeiros, Célio Roberto. Ele diz que o sistema preventivo para situações como essa se mostrou completamente ineficaz.
 
“O sistema preventivo fixo do prédio se mostrou ineficaz. As bombas não funcionaram e ela tem que ser automática. Ela tem que entrar tão logo seja necessário. Tem que funcionar independente da alimentação elétrica do prédio ela tem que funcionar com o suporte próprio para ela”.
 
Sobre a escada do grupamento não ter subido até o topo, o comandante disse que não existe nenhuma escada que chegue até o último andar de um prédio, e acrescentou que ela não pode ser um fator determinante em casos de prevenção a incêndios.
 
“Não tem nenhuma escada em lugar nenhum do mundo que vá chegar ao topo de edifícios muito altos. A escada não foi problema porque a escada é um suporte que nós utilizamos. Ela não é o fator essencial quando se pensa em combate a incêndio vertical”, explicou.

Textos, fotos, artes e vídeos da odiario.com estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização de odiario.com. As regras têm como objetivo proteger o investimento que odiario.com faz na qualidade de seu jornalismo. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://maringa.odiario.com/empregos/2015/06/trabalho-vai-alem-da-portaria/1412857/

Textos, fotos, artes e vídeos da odiario.com estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização de odiario.com. As regras têm como objetivo proteger o investimento que odiario.com faz na qualidade de seu jornalismo. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://maringa.odiario.com/empregos/2015/06/trabalho-vai-alem-da-portaria/1412857/

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...