O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Incêndios em residências

Cartilha do Ibape/SP com 4 pontos de prevenção

terça-feira, 10 de setembro de 2019
WhatsApp
LinkedIn

4 pontos de atenção para evitar incêndios em residências

Ibape/SP lança atualização de Cartilha de Prevenção ao Incêndio para orientação da população em geral, profissionais técnicos e administradores de condomínio

Somente em 2018, foram registrados 6.641 casos de incêndio em edificações no estado de São Paulo. Segundo dados da Secretaria da Segurança Pública, até junho desse ano já foram contabilizadas 3.251 ocorrências. Os números alarmantes reforçam a importância das ações de prevenção.

O Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias em Engenharia de São Paulo (Ibape/SP), em parceria com o Corpo de Bombeiros, lança no dia 28 de agosto, a atualização da Cartilha de Prevenção e Combate ao incêndio no seminário "Vistoria em Sistema de Proteção e Combate a Incêndio".

O material traz orientações e cuidados para todos os tipos de imóveis e é um importante guia para proprietários, moradores, profissionais técnicos e administradores de condomínios. O Coronel Cássio Roberto Armani, comandante-geral do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo, separou alguns pontos de atenção para a prevenção de incêndios em casas, apartamentos e outros espaços:

1. Superaquecimento e curto circuito

Problemas com fiações antigas e curto circuitos são alguns dos principais motivos de incêndio. Por isso, é necessário cuidar da parte elétrica dos edifícios, fazendo uma checagem periódica, além de evitar utilizar muitos "T's" ou benjamins na mesma tomada. Conferir o manual de instruções dos produtos para evitar possíveis sobrecargas na rede também é importante.

2. Falhas humanas

Panela de pressão e panelas pequenas com excesso de óleo, esquecidas no fogo, são grandes causadores de incêndio, que ocorrem por desatenção. Velas acesas perto de cortinas ou produtos inflamáveis, e até fósforos descartados também podem pegar fogo.

3. Gás de cozinha

O vazamento de gás é outro grande responsável pelos incêndios, sejam eles causados por instalação irregular ou defeituosa, reparos mal feitos, ou vazamento no botijão. Por isso, é necessário fazer uma revisão periódica, desde os canos até a mangueira que conduz o gás. No caso de botijão, o recomendável é deixa-lo o mais longe possível do fogão.

4. Crianças

Os pequenos são curiosos, por isso deve-se deixar isqueiros e fósforos, bem como produtos inflamáveis longe do alcance das crianças. Qualquer faísca em contato com objetos inflamáveis pode gerar uma grande combustão.

Para fazer a inscrição e obter mais informações sobre o seminário, acesse: www.ibape-sp.org.br/

Fonte: Assessoria de Imprensa do Ibape/SP

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...