O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Infestação de dengue

Condomínios nobres em Londrina (PR) devem lidar com o problema

Publicado em: quinta-feira, 2 de abril de 2015

Bairros e condomínio nobres de Londrina lideram índice de infestação da dengue

O Setor de Endemias, da Secretaria Municipal de Saúde constatou um aumento no índice do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypt, em 11 de 25 localidades de Londrina. O levantamento foi feito com base em ações realizadas em fevereiro e março deste ano e divulgado nesta terça-feira (31). 
 
As três áreas com maior aumento do índice são: Jardim do Lago, que antes estava com focos em 6% dos imóveis e agora está com 10,81%; Jardim Higienópolis, que estava com 5% passou para 13% e o condomínio Alphaville que estava com 5,26%, foi para 12,12%. As três ficam na zona sul. 
 
Segundo dados do levantamento, em 14 localidades houve uma redução no índice ou mantiveram o anterior. As três localidades que se destacaram neste sentido são: Jardim Quati, que antes estava com 33% e passou para 10%; Santos Dumont, que registrava 17,39% foi para 7,40% e a Vila Brasil que estava com 11,94% e reduziu para 7,04%. 
 

Ações 

 
O Setor de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde informa que no Jardim do Lago, no Jardim Higienópolis e no condomínio Alphaville será necessário um trabalho de remoção mecânica (retirada e eliminação de criadouros). Já nos outros oito bairros que registraram aumento serão feitos trabalhos educativos. As ações já foram iniciadas na última segunda-feira (30). 
 
Diana informou que os agentes estarão presentes nas cinco regiões de Londrina (norte, sul, leste, oeste e centro), junto com os agentes comunitários de saúde, convocando os líderes de bairro para ações de impacto contra a dengue. 
 
Além disso, a equipe de controle de endemias de Londrina, junto com a 17ª Regional de Saúde, está avaliando a necessidade de intensificar o controle químico (fumacê) nos locais de aumento do transmissor e casos positivos de dengue. 
 
Londrina registra, de janeiro até agora, 330 casos confirmados da doença e 1.900 notificações, das quais 1.207 estão em andamento ou aguardam resultados de exames.

Fonte: http://www.bonde.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...