O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Obrigações

IR 2019

Fundo de inadimplência, aluguel...declare!

terça-feira, 26 de março de 2019
WhatsApp
LinkedIn

Como declaro fundo de inadimplência, condomínio e outras taxas do aluguel?

Especialista responde dúvida de leitor sobre a Declaração do Imposto de Renda 2019. Envie você também suas perguntas

Pergunta do leitor da Exame:

Moro em um apartamento alugado através de uma imobiliária. O boleto que recebo vem como beneficiária a imobiliária. Devo declarar o aluguel em nome da imobiliária ou do proprietário?

Os valores que pago como inquilino referentes a fundos de inadimplência, condomínio e taxas conjuntas ao aluguel devem ser declarados no Imposto de Renda 2019? Se sim, como faço isso?

Resposta de Valdir Amorim*:

Embora o boleto venha em nome da imobiliária, o valor pago do aluguel deve ser informado em nome do locador (inquilino) e não da imobiliária. A imobiliária é mera intermediadora no processo.

Os valores pagos a título de fundos de inadimplência, condomínio e taxas conjuntas do aluguel também devem ser informados na declaração.

Faça o seguinte: na ficha “Pagamentos Efetuados”, selecione o código “70 – Aluguéis de imóveis”, e informe o nome e CPF ou CNPJ do locador (proprietário) indicado no contrato de locação. Informe o valor do aluguel, acrescido dos demais valores pagos.

*Valdir de Oliveira Amorim é coordenador editorial-tributário IOB, da Sage Brasil, professor universitário, mestre em Ciências Sociais e Contabilidade, pós-graduado em Direito Tributário, coordenador de cursos de pós-graduação, palestrante, conferencista, mediador em seminários e congressos, doutorando em Contabilidade; especialista há mais de 20 anos em Imposto de Renda, PIS/COFINS, IOF, ITR, CIDE e legislação societária, comercial e tributária.

Fonte: www.exame.abril.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...