O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Casa Mineira

Lojas dentro de condomínios podem valorizar imóveis; entenda

As lojas dentro de condomínios estão se tornando tendência, e entre seus vários benefícios está a valorização dos imóveis. Leia o artigo e saiba mais!

Por Thais Matuzaki
27/07/21 04:36 - Atualizado há 3 meses
WhatsApp
LinkedIn
As lojas dentro de condomínios estão se tornando tendência, e entre seus vários benefícios está a valorização dos imóveis. Leia o artigo e saiba mais!

Por Casa Mineira*

Imagine não ter que sair do seu prédio para comprar um suco para o almoço de domingo. Ou, então, chegar do trabalho e passar numa lanchonete rapidinho antes de subir para seu apartamento. Com as lojas dentro de condomínios, tudo isso e muito mais se torna possível, trazendo mais serviços e comodidade para os moradores e permitindo que as marcas fiquem ainda mais conectadas com o seu mercado consumidor.

Por isso, neste artigo você vai entender porque as lojas dentro de condomínios estão se tornando uma tendência cada vez maior e como elas podem ajudar na valorização dos imóveis. Vem com a gente!

Por que as lojas dentro de condomínios viraram tendência?

A inserção de lojas dentro de condomínios não surgiu recentemente, porém essa dinâmica se intensificou bastante nos últimos anos. A pandemia de Covid-19, como já se sabe, acelerou diversas mudanças, a exemplo da transformação digital e a implementação do home-office. Para além dessas, mais conhecidas, houve também uma maior inserção de estabelecimentos comerciais nesses complexos residenciais. 

Existem diversos motivos para isso. Em primeiro lugar, oferecer produtos e serviços dentro dos condomínios foi uma maneira de trazer conforto e tranquilidade para os consumidores durante a pandemia, muitos dos quais evitam sair de casa o máximo possível.

Em segundo lugar, existe uma comodidade natural também de morar em condomínio e ter acesso a pequenos mercados, lanchonetes e também outros tipos de serviço, como lavanderias, sem ter que sair do empreendimento — um benefício ainda maior para as grandes metrópoles, em que o transporte é mais afetado pelas distâncias e pelo trânsito.

Olhando agora para o lado das empresas, essa é uma excelente maneira de atingir um mercado ainda pouco explorado e também de aproximar suas marcas da clientela, oferecendo um serviço diferenciado, muitas vezes até mesmo 24h por dia.

Alguns empreendimentos inclusive aproveitaram essa oportunidade para testar novos modelos de negócio, utilizando novas tecnologias e se inspirando em hábitos de consumo em ascensão em todo o mundo.

A empresa Market4U, por exemplo, utiliza um sistema baseado em confiança: seus produtos ficam expostos nas prateleiras sem nenhum tipo de vidro ou cadeado, tampouco com funcionários ou seguranças. O cliente escolhe os itens que vai comprar com o celular, utilizando a plataforma da empresa e fazendo a leitura do QR Code dos produtos que deseja.

Nesse modelo, apenas uma câmera, conectada a uma central, investiga possíveis furtos. Caso seja necessário, a empresa implementa mais medidas de segurança, como câmeras adicionais e trancas eletrônicas, que só destravam as mercadorias a partir do pagamento. Isso, porém, só foi implementado em 7% dos prédios, segundo a empresa.

Como as lojas dentro de condomínios podem valorizar imóveis?

Então, agora que você já sabe por que essas lojas dentro de condomínios viraram tendência, vamos explicar agora como elas podem ajudar na valorização dos imóveis.

O primeiro ponto é que essas lojas se tornam um diferencial para os prédios e complexos residenciais, pois ter acesso a diferentes produtos e serviços em um condomínio oferece uma grande comodidade para os moradores

Na hora de escolher um lugar para morar, esse certamente é um ponto que as pessoas devem considerar cada vez mais, estimulando a demanda por casas e apartamentos em prédios e condomínios que oferecem essas facilidades.

Além disso, é possível também que o laudo de avaliação de imóvel passe a considerar esse leque de serviços na hora de estipular o valor da residência.

Ou seja, da mesma forma que prédio com elevador, áreas de lazer e apartamentos com vagas de garagem são diferenciais para os moradores, estimulando a valorização do imóvel, ter diferentes serviços e conveniências dentro do condomínio pode ser um diferencial relevante na hora da avaliação do imóvel.

E isso deve valorizar não apenas o preço de compra e venda do imóvel, mas também o próprio valor do aluguel, novamente por causa da maior demanda por condomínios que oferecem esse tipo de serviço.

As lojas dentro de condomínios são um mercado em expansão

Apesar de terem avançado bastante nesse último ano, as lojas dentro de condomínios são uma realidade apenas para um número limitado de complexos residenciais, ainda bastante concentrado na região Sudeste, mais especificamente no estado de São Paulo. 

À medida que mais pessoas vêem os seus benefícios, é esperado que o número de lojas cresça muito mais, trazendo mais conforto e qualidade de vida para os moradores de condomínios.

(*) Este artigo foi produzido pela equipe da Casa Mineira

A Casa Mineira Imóveis é a maior imobiliária de Belo Horizonte e também a que mais vende imóveis prontos no Brasil. No Blog Casa Mineira (https://blog.casamineira.com.br/), você tira todas as suas dúvidas relacionadas a imóveis, desde a documentação até a hora da mudança.

Matérias recomendadas

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.