O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Jurídico

Luta na Justiça

No DF, donos de lotes com imóveis em construção ou vazios podem perdê-los

Publicado em: segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Moradores dos condomínios lutam para impedir licitação de lotes vazios

Moradora do Mansões Califórnia, condomínio situado no Setor Habitacional Jardim Botânico, Karoline Oliveira conseguiu o direito na Justiça de comprar lote ocupado
 
Donos de lotes vazios em condomínios ou moradores que não terminaram de construir suas casas até 31 de dezembro de 2006 vão usar decisões da Justiça tomadas em 2012 para lutar contra a licitação dos terrenos. Sentenças dadas por desembargadores do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) e até ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) mandaram a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) vender os imóveis diretamente aos ocupantes e não oferecê-los em concorrência pública, como prevê o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre o GDF e o Ministério Público em 2007.
 
A mais recente decisão, da 5ª Turma Cível do TJDFT, é de outubro do ano passado e beneficia Karoline Pereira de Oliveira, 24 anos, moradora do condomínio Mansões Califórnia, no Setor Habitacional Jardim Botânico. Em 2007, ela pagou R$ 200 mil em uma casa em construção no loteamento, se mudou para o imóvel com a família e continuou a obra. 

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...