O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Medo em condomínio

Furtos em série deixam os moradores preocupados

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Medo é constante em condomínio onde 5 moradores já foram furtados

Grades e cadeados foram instalados nas janelas e sacadas e até concertinas tentam impedir ação dos bandidos

Há cerca de 15 dias, moradores de um condomínio do Jardim Carioca, em Campo Grande, convivem com o medo de ter o apartamento invadido.

Mesmo morando em um lugar vendido como “seguro”, cinco moradores tiveram a casa invadida e vários pertences furtados nos últimos dias.

A última vítima foi Silvia Aparecida Vito Ribeiro, de 37 anos. Moradora no local há quatro anos, a auxiliar de serviço estava dormindo quando teve o apartamento invadido.

“Não vi, nem ouvi nada. Tomo remédio para dormir”, lembrou a moradora, que no dia do crime estava com a filha de 7 anos no local.

Da casa os bandidos levaram uma televisão 32 polegadas, um aparelho e uma caixa de som, carregadores de celular e um tablet. Abalado com a situação, Silvia resolveu expor o crime nas redes sociais, mas foi ameaçada.

“Acredito que seja um morador o autor, por isso estou sendo ameaçada”, lamentou.

Simone Barbosa dos Santos, de 29 anos, faz parte da lista de moradores que tiveram o apartamento arrombado. Assim como a vizinha, a auxiliar de serviço gerais acredita que o autor dos crimes mora na mesmo condomínio.

“Ele tem um padrão, vai em casas onde não tem homem, ou quando a pessoa mora sozinha”, lembrou.

Em um dos crimes, segundo ela, um morador, já idoso, foi rendido por um homem armado que pediu exatamente o valor que ele tinha guardado.

“Apontaram uma arma na cabeça dele”. Outra vítima, conforme Simone, foi uma grávida, que viu todo o enxoval do filho roubado, além de um ar-condicionado e alimentos.

Para as duas mulheres, a fragilidade das janelas, a falta de controle na entrada e também de câmeras, torna o condomínio “alvo fácil”. “Não temos porteiro. Quando tem ou ele não controla quem entra ou vai embora muito cedo”, reclamou Simone.

O Condomínio Jasmim é formado por 144 apartamentos e sem poder trocar portas e janelas, os moradores instalaram grades, cadeados e até concertinas nas sacadas. Quem ainda não teve o apartamento invadido, convive com medo de ser o próximo alvo.

“Ainda não fui vítima. A pessoa trabalha o dia todo e quando chega em casa pra descansar encontra assim”, lamentou Fabiano Batista da Silva, de 27 anos, morador do local há nove meses.

 

 

Fonte: https://www.campograndenews.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...