O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Mercado aquecido

Secovi aponta grande verticalização na cidade de Sorocaba (SP)

Publicado em: quinta-feira, 26 de setembro de 2013

 Cresce verticalização em Sorocaba, mostra pesquisa do Secovi

Das obras lançadas no último ano, 94% eram prédios
 
O número de lançamentos de empreendimentos imobiliários residenciais teve alta de 30% em Sorocaba. Pesquisa divulgada ontem pelo Sindicato da Construção (Secovi) mostra que, de setembro do ano passado até o início deste mês, a cidade teve o lançamento de 6.043 imóveis novos. No período anterior, esse número era de 4.732 unidades. O "Estudo do Mercado Imobiliário de Sorocaba" mostra ainda que 94,4% dessas unidades são em prédios, fato que aponta a verticalização dos condomínios residenciais lançados na cidade.
 
O preço do metro quadrado (m2) dos apartamentos variam de R$ 2.716 a R$ 6.056, praticados para unidades de dois e quatro dormitórios, respectivamente. Para o vice-presidente do Interior do Secovi -SP e diretor regional da entidade, Flávio Amary, a manutenção do ritmo de lançamentos vai depender da demanda do mercado e da política seguida pelo Plano Diretor do Município. 
 
Entre os lançamentos residenciais em Sorocaba o grande destaque fica para os imóveis de dois dormitórios enquadrados no programa habitacional do governo federal Minha Casa Minha Vida (MCMV). Amary informa que esses modelos correspondem a mais da metade da oferta encontrada no mercado imobiliário sorocabano.
 
Durante o período do estudo foram 3.232 unidades desse tipo. Com um total de 1.420 novas unidades habitacionais, os lançamentos com unidades de três dormitórios também chama atenção no mercado imobiliário local. Tendo como principal fonte as empreendedoras que atuam na cidade, o estudo foi feito pela Robert Michel Zarif Assessoria Econômica Ltda. e levou em conta apenas os imóveis novos construídos em condomínio.
 
Com relação à localização, os lançamentos estão concentrados nas regiões central e sul da cidade. A localização dos empreendimentos influenciam também no perfil das unidades habitacionais. Nessas localidades estão os condomínios com casas e apartamentos de dois e três dormitórios.
 
A análise do Secovi ainda levou em consideração a renda média dos moradores das localidades que receberam os empreendimentos. Na região periférica, onde a renda média da população é mais baixa, estão os lançamentos de dois dormitórios econômicos, com possibilidade de subsídios pelo MCMV.
 
O desempenho do mercado imobiliário sorocabano está diretamente ligado à demanda encontrada na cidade. "Uma variação de 30% é expressiva em qualquer lugar", avalia Amary. Para ele, a continuidade desse cenário vai depender da demanda por imóveis novos e da configuração do plano diretor da cidade.
 
"Existe um projeto do Município em restringir a construção de prédios fora dos corredores comerciais", informa o diretor regional do Secovi. Ele afirma que o Poder Executivo tem planos de limitar a sete andares os edifícios construídos fora das avenidas que foram os chamados corredores comerciais.
 
"Acho que fazer isso de forma generalizada não é inteligente", opina. Amary explica que medidas como essas servem para conter o adensamento populacional em determinadas regiões da cidade. Para ele, há regiões da cidade fora dos corredores comerciais que suportam esse adensamento provocado pela construção de prédios com mais de sete andares.
 
"Em terminais de ônibus, por exemplos, o entorno pode ser mais populoso por conta da estrutura que existe nessas regiões", pontua.
 
Verticalização
 
Prédios de apartamentos são a maioria entre os empreendimentos residenciais lançados desde setembro passado. Com 5.707 unidades habitacionais construídas, os condomínios verticais correspondem a 94,4% dos lançamentos do mercado local. O estudo ainda traçou o comportamento do mercado com relação ao preço do metro quadrado (m2) nos condomínios verticais.
 
O segmento mais procurado foi o de 46m2 a 65m2, com uma participação na oferta de 67% e um giro médio de 20% ao mês (1.611 unidades/mês). Em seguida, vem o intervalo de 86m2 a 130m2, para produtos em melhor localização.
 
Nesse segmento, assim como no cenário geral, também predominam os imóveis de dois dormitórios econômico, imóveis que correspondem a 54,3% com um total de 3.098 apartamentos construídos. Se forem consideradas os lançamentos dos condomínios de dois dormitórios fora do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), que somam mais 810 unidades, a participação desse modelo cresce para 68%.
 
Apesar do estudo não abranger imóveis usados, Amary acredita que o comportamento deve ser semelhante ao de novos.
 
"Quem compra um lançamento pode muito bem estar vendendo um imóvel usado. É um mercado que normalmente acompanha o outro", resume.
 
Lançamentos verticais - Preço por m2 praticado
 
O valor médio do m2 na região, no período, ficou em:
1 dormitório: R$ 5.331,00
1 dormitório econômico: R$2.881,00
2 dormitórios: R$ 3.675,00
2 dormitórios econômico: R$ 2.716,00
3 dormitórios: R$ 4.204,00
4 dormitórios: R$ 6.056,00
 
Lançamentos residenciais em 1 ano
 
1 dormitório: 308 unidades
1 dormitório econômico: 116 unidades
2 dormitórios: 941 unidades
2 dormitórios econômico: 3.232 unidades
3 dormitórios: 1.420 unidades
4 dormitórios: 26 unidades
Total: 6.043 unidades

Fonte: http://www.cruzeirodosul.inf.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...