O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Mercado e Dinheiro

Projeto de lei prevê leitura individual de hidrômetros

Publicado em: quarta-feira, 3 de abril de 2013

 Daerp entrará em condomínios para anotar consumo de cada unidade

 
Os vereadores de Ribeirão Preto votam nesta terça-feira projeto de lei da prefeitura que regulamenta a instalação de hidrômetros individuais em condomínios verticais e horizontais do município. A instalação continua sendo opcional, porém, o Daerp terá de fazer a leitura individualizada dos equipamentos, o que hoje não ocorre.
 
A lei especifica que, para a instalação de hidrômetros individuais, os condomínios com hidrômetros coletivos e as construtoras que pretendem adequar as obras terão de apresentar projeto no Daerp. O órgão fará a análise, podendo liberar ou pedir readequação.
 
Segundo o superintendente do Daerp, Joaquim Ignácio da Costa Neto, cada projeto será estudado individualmente para definir como será feita a leitura.
"O fato novo é que o Daerp fará a leitura individualizada de todos os hidrômetros", explica.
 
Segundo Neto, todo condomínio poderá instalar equipamentos individuais, bastando apenas estudar a melhor forma. Ele explica que a individualização poderá ser feita usando equipamentos que permitem leitura convencional ou por telemetria, de acordo com a necessidade de cada condomínio. "Em prédios grandes, terá de ser feito a telemetria, já que a leitura ocorre através de um sistema instalado na entrada e o Daerp não precisa subir e bater na porta dos apartamentos", diz.
 

Leitura

 
Vários condomínios já possuem hidrômetros individualizados, mas a leitura é feita internamente, por síndico ou responsável. O Daerp apenas faz a medição do dispositivo central, instalado na entrada.
 
Para o ex-delegado do Creci Sinésio Donizetti Nunes Rodrigues, a lei só vai mexer no que já ocorre hoje.
"As construtoras já incluem nas obras a instalação individual", diz.
 
O diretor da Regional Ribeirão do SindusCon (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo), José Batista Ferreira, acredita que a lei é um grande avanço para os condomínios horizontais. "No caso dos verticais, tem que ser bem estudado como será a instalação", afirma.

Fonte: http://www.jornalacidade.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...