O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Obra suspensa

Construção de condomínio luxo em Bertioga é embargada

Publicado em: terça-feira, 19 de julho de 2016

Justiça Federal suspende obras de condomínio de luxo em terreno da União

Por ver intenso dano ao meio ambiente, o juiz federal Mateus Castelo da Silva suspendeu as obras de um condomínio de luxo em Bertioga, cidade do litoral norte de São Paulo.

"O perigo de dano e o risco ao resultado útil do processo são decorrentes da urgência e necessidade de proteção ao ambiente, visto que a degradação deste é irreversível, com sérios prejuízos a todos", disse o julgador.

Em caso de descumprimento da liminar, o juiz determinou multa de R$ 500 mil ao governo estadual paulista, à Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental de São Paulo (Cetesb), à Praia Paulistas S/A e à Construtora Subloco. Na decisão, Mateus Castelo destacou ainda os indícios de que a obra está ocorrendo em área da União sem autorização.

"O que permite constatar plausabilidade na tese de prejuízos ao ambiente, especialmente com supressão de fauna e flora e destruição da Mata Atlântica e de áreas de restinga", afirmou o juiz.

A ação foi movida pelo Ministério Público Federal. Porém, um acordo foi firmado entre as empresas responsáveis pela construção e o MP paulista depois que a ação movida pelo órgão de São Paulo não foi analisada por já haver outra causa sobre a construção julgada.

O MP-SP apresentou recurso contra a decisão, mas antes do novo julgamento, o órgão firmou um acordo para que as empresas responsáveis pela construção fornecessem um carro, um furgão e construísse dois ecopontos, uma unidade de operações ambientais, um posto de saúde e dois centros, um de esportes e lazer e outro de assistência social.

Fonte: http://www.conjur.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...