O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Portaria virtual

Condomínios paulistanos têm apostado em novo modelo de acesso

Publicado em: quinta-feira, 9 de março de 2017

Condomínios apostam em acessos controlados a distância

Segundo adeptos, portaria remota reduz gastos e amplia a segurança; 

Quem chega à entrada do condomínio Anapurus, na rua homônima, em Moema, não encontra ninguém à portaria. Os moradores usam apenas o dedo indicador em um leitor biométrico para abrir o portão. Para visitantes, o acesso é liberado por um profissional que está a 3 quilômetros de distância, no Brooklin.

Ali, em uma central, outros funcionários acompanham as imagens fornecidas pelas vinte câmeras instaladas no terreno pela White Proteção e Segurança. Esse aparato tecnológico serviu para evitar um assalto no local há três semanas.

“Os ladrões pularam o muro, o atendente flagrou a movimentação pelos monitores e chamou a polícia, que chegou em cinco minutos”, conta o síndico Denis Rezende.

Desde o ano passado, as quinze empresas que oferecem na capital o serviço de portaria remota registraram um aumento de 50% na procura, chegando a cerca de 500 prédios. “O esquema só funciona para endereços com até setenta unidades”, diz Bruno Apolônio, dono da Real Proteção, com mais de 280 clientes na cidade.

“Em condomínios maiores, é muito mais difícil controlar o fluxo.” Para aderir ao sistema é preciso automatizar portões, contratar pelo menos uma operadora de internet exclusiva, instalar câmeras de segurança e adquirir um gerador de energia. O valor do pacote pode chegar a 60 000 reais.

O principal atrativo para os moradores é a queda no valor do condomínio, pela consequente terceirização da mão de obra.

“Passaremos a pagar 1 000 reais, resultando em uma economia de 45%”, afirma o empresário Marcos Casimiro, síndico de um prédio na Rua Apinajés, em Perdizes. Em março, ele trocou quatro funcionários fixos pelo atendimento a distância. Especialistas em segurança lembram os potenciais fregueses de que é necessário ter cuidado no momento da contratação desse tipo de serviço. “O morador vai depositar a chave de casa na mão de um desconhecido”, diz Hugo Tisaka, da NSA Brasil, empresa especializada na área.

“É preciso pesquisar bem para que a solução não vire um problema.”

Fonte: http://vejasp.abril.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...