O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Coluna: De Olho no Mercado

Portaria virtual segura

Entenda por que este serviço pode ser uma alternativa

Há alguns anos, a possibilidade de contar com uma portaria remota era quase ficção científica.  Hoje, porém, o cenário é diferente. A grande maioria dos condomínios está em busca de uma maneira de aumentar o nível de segurança no local, sem que isso tenha um impacto muito grande nas contas do condomínio.

Quem opta por uma portaria virtual com tecnologia de ponta, pode conseguir unir as duas vontades: mais segurança e menos custos. Isso porque ao se implantar uma portaria do tipo em um condomínio, dispensa-se o profissional de portaria.

Como se sabe, o custo mais significativo no condomínio é com funcionários. Se o condomínio conta com duas portarias, isso significa uma média de oito profissionais sendo pagos por mês.

Próprios ou terceirizados, esses colaboradores representam certo custo para o empreendimento.

Outro ponto a ser levado em conta é a substituição do homem pela tecnologia. Como se viu há algum tempo, foi estimado que cerca de 70% dos porteiros e vigias dormem em seus postos no período da noite -cenário longe do ideal de segurança para um condomínio.

O que é

O “pulo do gato” para fazer um condomínio mais seguro e com uma taxa condominial mais barata é a tecnologia.

É com o uso de muitas câmeras ligadas à internet, software inteligente e principalmente, equipamento biométrico, que a possibilidade de viver sem porteiro se torna realidade.  

“A biometria é atualmente a única tecnologia disponível capaz de saber que aquela pessoa que está querendo entrar no condomínio é realmente o morador ou o prestador de serviços, e não alguém querendo se passar por ela”, explica Delson Coelho, diretor da White, empresa de segurança com foco em condomínios.

Como funciona

Ele explica implantar a portaria virtual segura em um condomínioenvolve equipamentos, tecnologia e prestação de serviços.

“Instalamos os equipamentos de biometria em dois locais: na entrada de serviço e na da garagem. Para entrar com o carro sugerimosque o controle remoto inclonável seja utilizado no primeiro portão. No segundo, o morador coloca o dedo no equipamento de biometria”, ensina Delson.

Há três pontos importantes no momento em que o morador está usando o equipamento de biometria:

  1. Ele está conectado com a central da empresa de segurança – inclusive com vídeo e som, o que permite ao morador “conversar” com o operador se houver algum problema
  2. Caso alguém mal intencionado esteja dentro do carro, o morador pode usar o “dedo do pânico silencioso” – o dedo que é cadastrado especialmente para ser usado nesses casos
  3. Se isso acontecer, o operador da empresa é prontamente avisado – e ele já consegue acionar a polícia para ir ao local

Além dos equipamentos de biometria, há câmerasligadas à internet que transmitem diversas áreas do condomínio, como entrada e saída da garagem, entrada de pedestres,clausura, chegada aos elevadores, etc.. Além de enviar essas imagens para a central da White, as gravações ficam salvas em uma nuvem. Assim, a empresa e o condomínio sempre conseguirão, futuramente, acessar as imagens das áreas comuns.

Há também outros tipos de equipamentos instalados nos condomínios que buscam esse serviço, como detectores de travamento. Assim, de dentro da empresa, o operador pode não apenas avisar o zelador que o portão da garagem ficou aberto – ele pode sozinho, fechá-lo, sem maiores problemas.

Colaborador

Sem porteiro, o zelador se torna uma figura ainda mais central no condomínio. É ele quem irá recepcionar os entregadores. Para não diminuir o nível de segurança, qualquer prestador de serviço deve ser cadastrado biometricamente antes de entrar no condomínio – o que afasta, e muito, qualquer mal intencionado.

Para executar bem esse papel, a empresa oferece treinamento de até três dias no local. Assim, o zelador aprende a lidar com o sistema, com os equipamentos, e também pode ajudar a cadastrar novos moradores.

Se o condomínio mudar de zelador, o novo colaborador também será capacitado pela empresa.

Custos

Além da taxa de R$ 4 mil mensais paga por clientes com até 80 unidades, o custo mais significativo para os clientes que optam pela portaria virtual segura são os equipamentos de biometria. Geralmente são necessários dois ou três por condomínio e sai em torno de R$ 50 mil pelos três, já considerados os custos de instalação. Também é possível alugar os equipamentos a R$ 1.200 por mês. Além disso, há que se considerar os custos com uma boa conexão de internet, para enviar os dados à empresa de segurança em tempo real.

“Temos clientes cuja taxa condominial caiu pela metade apósinstalar a portaria virtual segura. Uma economia de mil reais por mês, por unidade, é algo muito significativo. E isso, com ganho no nível de segurança. O condomínio não perde nada”, argumenta Delson Coelho, da White.

Saiba mais

 White Assistance and Security Ou 0/xx/11/5533-0621

Nota:
A coluna “De olho do mercado” se refere a informes publicitários. 
Esse tipo de texto publicitário serve para que um anunciante escolhido pela equipe do SíndicoNet explique como funciona seu produto ou serviço de maneira diferenciada. O SíndicoNet não trabalha com matérias pagas, e essa é a nossa maneira de lhe dizer que esse conteúdo é publicitário, e que foi escolhido cuidadosamente para você, nosso leitor. Caso tenha dúvidas sobre outros conteúdos publicitários no nosso portal, por favor, nos escreva 
aqui. Isso reafirma o nosso compromisso com a transparência do nosso conteúdo.  

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...