O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Mercado

Preço de unidades

Valor de imóveis caiu cerca de 5% em todo o país

Publicado em: quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Queda no preço dos imóveis em 2016 foi de 5,48%, diz FipeZap

No mercado imobiliário, os preços dos imóveis, descontada a inflação, tiveram queda de mais de 5% em 2016. Se a notícia parece boa para quem quer comprar, não é muito boa para quem quer vender. De acordo com o índice FipeZap, o aumento médio dos preços dos imóveis nas 20 cidades pesquisadas ficou em 0,57% em 2016, a menor alta registrada desde 2008.

Mesmo com esse pequeno aumento, os imóveis se desvalorizaram. Se considerarmos a inflação esperada por ano, a queda real do preço dos imóveis foi de 5,48%.

“A gente vive hoje uma crise de demanda e um excesso de oferta”, disse Leonardo Schneider, vice-presidente do Secovi Rio, o sindicato da habitação.

No fim de 2016, o valor médio do metro quadrado anunciado nas 20 cidades pesquisadas foi de R$ 7.662. Apesar da queda no preço real, o Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o metro quadrado mais caro do país, seguida por São Paulo. De outro lado, as cidades com o menor valor por metro quadrado foram Contagem, em Minas Gerais, e Goiânia.

A crise econômica pegou muitas construtoras com estoques grandes de imóveis. Com a procura menor, as empresas mudaram de estratégia. Aí, surgiram as promoções.

“Não só no preço, mas como alguns benefícios. O imóvel estando pronto... Em algum momento se dava um ano de condomínio e IPTU”, explicou Marcos Vinícius Flores, gerente de lançamentos de imobiliária.

O apartamento em Botafogo, Zona Sul do Rio, ainda está à venda. Tem sala, cozinha, três quartos e uma oferta interessante. O dono do imóvel está disposto a dar 20% de desconto, algo em torno de R$ 360 mil. E como é um apartamento de fundos, ele dá para outro prédio. Mas ninguém poderá negar quando o futuro morador disser que tem vista para o Cristo.

De acordo com o Secovi Rio, o sindicato da habitação, só na cidade do Rio de Janeiro 40 mil imóveis estão vazios, à espera de um comprador.

“Com mercado mais estagnado, com uma velocidade de venda mais lenta, você hoje acaba atraindo boas possibilidades para quem está interessado em comprar. Então, se você tem hoje uma condição de comprar imóvel, talvez seja um momento interessante para você negociar, olhar com calma, buscar mais opções e aí fazer um bom negócio”, disse Leonardo Schneider, vice-presidente do Secovi Rio.

E um bom negócio é tudo o que o Hoffman espera. Ele começou 2017 animado com algumas possibilidades.

“Acredito que nesta entrada do ano tem dois clientes com possível vontade de fazer essa compra”, disse o corretor de imóveis Hoffman Motta.

Fonte: http://www.secovirio.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...