O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Prevenção de assaltos

Saiba como diminuir o risco de invasão no seu condomínio

Publicado em: quinta-feira, 30 de março de 2017

?Como prevenir os assaltos aos condomínios?

A última quadrilha presa na recente megaoperação da Polícia Federal havia roubado cerca de 5 milhões em apenas um condomínio. Os criminosos agiam no Brasil e exterior e entravam nos prédios como se fossem os próprios moradores. A BRCondos dá algumas dicas importantes para que a prevenção continue sendo o melhor remédio.

Um crime que acontecia por 20 anos veio à tona após uma megaoperação, que prendeu uma quadrilha de assaltantes de condomínios que atuava em todo país e também no exterior. Usando roupas de academia, bonés e óculos escuros, os bandidos fingiam estar falando ao telefone e acenavam para os funcionários, que acabavam liberando o acesso sem conferir documentos.

A organização criminosa possuía líderes que articulavam os assaltos e outros que se ocupavam da lavagem de dinheiro, além de planejarem as fugas.

“Esses grupos são especialistas no que fazem. Assim como eles, muitas outras quadrilhas fazem isso pelo Brasil, sendo que todos esses crimes poderiam ser evitados com pequenas ações de segurança”, disse Hugo Fabiano Cordeiro, CEO da BRCondos, a maior rede de administradoras de condomínios do Brasil.

“Antes de tudo é preciso saber como essas quadrilhas agem e quais as fragilidades no acesso ao seu condomínio. Por isso, a informação e a orientação a todos os moradores, funcionários e proprietários do local sobre como ocorre a prevenção é fundamental”, disse.

Os crimes acontecem muito rápido e geralmente os ladrões chegam ao elevador sem nada nas mãos para não levantar suspeita. Minutos depois eles saem – já com malas e mochilas, chamam um táxi ou entram no carro que já os espera em frente ao prédio e vão embora tranquilamente.

Eles não arrombam as portas dos apartamentos, e é normal os bandidos irem direto os andares mais altos, onde normalmente estão os apartamentos mais caros. Além disso, são especializados em técnicas de audições nas portas para saber se tem alguém.

Eles podem chegar com roupa de ginástica, como era o caso dessa quadrilha, fingem que conversam como se fossem moradores do prédio e induzem o porteiro a abrir a porta. Porém, as fantasias podem variar bastante como carteiro, entregador de gás, de flores, de pizza, técnico de operadora, encanador, etc.

Apenas nessa operação divulgada ontem, ao todo, mais de R$ 5 milhões em joias, bolsas de marca, relógios e bebidas das vítimas foram recuperados.

Confira algumas dicas da BRCondos para garantir a segurança no condomínio e evitar a ação dos bandidos.

Informação:

Como já dito anteriormente, a orientação é fundamental. Síndicos e administradores devem reunir moradores, proprietários e funcionários para palestras sobre segurança, com informações importantes sobre como os bandidos agem e quais as formas de prevenção. É necessário que todos os presentes estejam conscientes de que a responsabilidade na falha da segurança é um problema de todos, não apenas do porteiro que permitiu a entrada suspeita no ambiente.

O porteiro:

A portaria necessita de uma equipe treinada para garantir a segurança dos moradores dos condomínios. Existem treinamentos que fazem exatamente isso e esse investimento deve ser do interesse de todos.

A terceirização desses serviços é a melhor opção para que a chance de erro seja a menor possível. Esses profissionais passam por reciclagens e treinamentos que fazem toda diferença na rotina de um condomínio. Vale lembrar que a maioria das ações criminosas começa por um erro básico de portaria, como a identificação, por exemplo.

A identificação

Não importa como a pessoa se identifique, seja criança, jovem ou idoso. Além disso, entregadores, diaristas, pedreiros, técnicos de qualquer natureza ou qualquer outra pessoa estranha, não podem entrar livremente sem antes ter a autorização do morador. Por comunicação eletrônica com o porteiro, sem entrar na portaria de condomínio, deve ser anunciado o nome, objetivo de sua entrada, o apartamento que será visitado e, ainda melhor, a pessoa com quem tem contato.

O porteiro deve confirmar se o apartamento está esperando a pessoa em questão (sem citar as informações passadas). Só após confirmação é que a entrada deve ser liberada, sem exceções. Em caso de negativa, o porteiro pode recomendar que o indivíduo entre em contato com seus superiores.

Claro, tudo isso sem que o cidadão tenha acesso ao prédio, ou seja, o porteiro deve fazer todo esse processo com o “visitante” do lado de fora.

O registro do nome, apartamento visitado, entrada e saída também são essenciais. O mesmo ocorre com o acesso à garagem, pois muitos prédios não possuem estrutura para visualização dos veículos. O investimento em equipamentos de identificação é fundamental para auxiliar o porteiro na prevenção.

Caso não haja ninguém no apartamento, ainda assim, a entrada de qualquer pessoa estranha não deve ser permitida.

Contratações

Qualquer profissional contratado para serviços dentro dos condomínios, temporários ou fixos, deve ser selecionado rigorosamente. A pesquisa da vida pregressa dos candidatos e uma criteriosa verificação das fontes de referência podem evitar incidentes. Nenhum funcionário deve estar de porte das chaves dos moradores, mesmo que os mesmos tenham solicitado.

Porteiros e profissionais da limpeza devem estar cientes de que fazer isso pode acarretar problemas para eles, inclusive sua demissão.

Esses profissionais podem ter em mãos algumas chaves de áreas privadas do condomínio, até por questão de segurança.

Porém, deve-se se manter o isolamento de algumas dependências durante a noite, pois isso evita que os funcionários sejam atacados e forçados a abrir as portas de que possua as chaves, surpreendendo os demais moradores.

Atenção

Todos os funcionários e moradores devem estar atentos ao chegar e ao sair do prédio, visto que alguns criminosos agem no susto, ou seja, ficam observando nas imediações até encontrar uma presa mais frágil e anunciar o assalto. Qualquer suspeita deverá ser comunicada imediatamente à Polícia, que saberá analisar a informação e tomar as providências cabíveis.

Se o pior acontecer

Caso o criminoso consiga entrar e surpreenda você, procure manter a calma. Qualquer atitude brusca pode acarretar uma tragédia. Jamais encare seus atacantes diretamente, muito menos discuta ou se negue a entregar os pertences. Havendo oportunidade, diga que não guarda valores em casa, por exigência do seguro, e que está aguardando visitas. Tenha sempre em mãos os telefones da Delegacia de Polícia de seu bairro.

Invista em tecnologia

Hoje em dia, na maior parte dos casos, contratar uma administradora de condomínios que associe tecnologia e gestão, é mais barato do que manter os custos individuais de cada necessidade. Diversas empresas oferecem os mais variados serviços e alguma vai atender às condições ideais para cada condomínio. Além de mais seguro para todos, você reduz os custos em até 60% para os moradores e proprietários.

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...