O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Queda de balão

Artefato cai em condomínio e assusta moradores, no Rio de Janeiro

Publicado em: terça-feira, 16 de junho de 2015

Queda de balão em prédio assusta moradores de Vila Isabel, Rio

'Ele [balão] estava batendo nas varandas', relatou o morador de um prédio. Polícia encaminhou dez pessoas para a 20ª DP (Vila Isabel).
 
O balão que caiu em um prédio na Rua Maxwell, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio, na manhã deste domingo (14), deixou moradores assustados com o risco de incêndio. Eles acordaram ouvindo gritos e viram uma imensa bandeira pendurada em um balão sobre a fachada do edifício. Com medo do risco de um incêndio, eles e conseguiram apagar o fogo.
 
"Quando eu olhei na sala eu percebi que estava um tumulto muito grande aqui na rua e quando eu fui na área externa na minha casa eu vi um balão rente ao prédio, ele estava batendo nas varandas", contou um morador.
 
"A primeira impressão que a gente tem, quando vê um balão tão perto é com certeza de incêndio. É um pânico muito grande", disse outra moradora.
 
Minutos depois dezenas de pessoas apareceram na rua. Mas não era para ajudar os moradores, elas queriam resgatar o balão. Um dos homens subiu pelo muro e invadiu o prédio. Os outros ficaram na calçada, esperando.
 
"Foi um tal de invadir o prédio, sair pulando aqui. Era motocicleta, carro importado parando no meio da rua, subindo na calçada, gritando: 'o balão vai cair'. O balão estava aceso ainda, este é o grande perigo", relatou o professor Gustavo Cornélio.
 
Como o batalhão da PM fica no final da rua, a polícia não demorou a chegar e deteve 10 pessoas, que foram levadas para a 20ª DP (Vila Isabel). Para o transporte foi necessário uma uma van.
 
Thiago Souza Cândido, de 26 anos, que segundo os agentes invadiu o prédio, vai responder por invasão e crime ambiental. Ele e os outros nove detidos prestaram depoimento por quatro horas e foram liberados.
 
De acordo com a polícia, o balão tinha sete metros de altura e a bandeira que ele levava tinha dobro do tamanho. Além do balão, os PMs apreenderam em um carro o material usado na fabricação: arame, aparelho de solda, e linhas com cerol, que são proibidas.
 

Fonte:

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...