O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Espaço SECOVI

Queda na inadimplência

Janeiro registra 34,72% menos ações do tipo que período em 2013

Publicado em: sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Ações condominiais em queda na Capital

Foram protocoladas 643 ações em janeiro deste ano, número 34,72% inferior ao mesmo período de 2013 
 
As ações por falta de pagamento de despesas condominiais na cidade de São Paulo no mês de janeiro de 2014 representaram queda de 34,72% em relação ao mesmo período do ano anterior. De acordo com informações divulgadas pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, neste ano foram protocoladas 643 ações contra 985 em 2013. Já em comparação a dezembro de 2013, que registrou 557 ações, houve aumento de 15,44%.
 
Analisando o período de 12 meses, observou-se redução de 12,1% no número de ações de fevereiro de 2013 a janeiro de 2014 (9.339) em comparação ao mesmo intervalo de tempo anterior, que registrou 10.623.
 
“Percebe-se tendência de queda das ações por falta de pagamento de despesas condominiais desde 2006, quando o total foi de 17.234 casos. Em 2013, foram 9.681 ações protocoladas e, nos últimos 12 meses, 9.339, praticamente a metade de sete anos atrás”, analisa Hubert Gebara, vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do Secovi-SP.
 
De acordo com ele, o bom resultado é devido à maior eficiência nas cobranças por parte das administradoras e dos síndicos, “que zelam para que a inadimplência não cresça perigosamente.”
 

Fonte: http://www.secovi.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...