O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Radar LELLO

Remuneração de pessoal

Em SP, bairros de Perdizes e Jardins têm salário maior

Publicado em: sexta-feira, 8 de maio de 2015

Prédios dos Jardins e Perdizes pagam melhores salários a funcionários

Novos condomínios entregues na cidade até 2012 deverão gerar 3,6 mil novos empregos, aponta a Lello
 
Os condomínios residenciais das regiões de Perdizes e dos Jardins pagam os melhores salários a zeladores, porteiros, faxineiros e garagistas. É o que aponta levantamento da Lello,empresa líder em administração condominial no Estado de São Paulo.
 
Ainda segundo a empresa, os 520 novos condomínios a serem entregues na capital paulista até o final de 2012 deverão gerar 3,6 mil novos empregos nesta área, levando-se em consideração a média de sete funcionários por empreendimento.
 
O salário de um zelador que trabalha em prédio da região de Perdizes pode chegar a R$ 2,6 mil. Nos Jardins, R$ 2,5 mil. A média nessas duas regiões é de R$ 1,8 mil, mesma da região de Moema, onde o salário máximo chega a R$ 2,4 mil para zelador. No Morumbi a média salarial é de R$ 1,7 mil. Nas regiões da Mooca e Santana, R$ 1,6 mil, no Tatuapé, R$ 1,5 mil, e na região da Vila Mariana, R$ 1,4 mil.
 
No caso dos porteiros o salário pode chegar a R$ 1,6 mil na região dos Jardins, com média de R$ 1,2 mil. Em Perdizes, o máximo é de R$ 1,4 mil e a média, R$ 1,1 mil. No Morumbi a média é de R$ 1 mil, chegando a R$ 1,3 mil.
 
Já em relação aos faxineiros os prédios de Perdizes chegam a pagar até R$ 1,3 mil. A média na região é de R$ 1 mil, mesma da região dos Jardins, onde o salário máximo para a categoria é de R$ 1,2 mil.
 
Segundo José Maria Bamonde, gerente de Relações Humanas da Lello Condomínios, a variação dessas remunerações obedece a distribuição de condomínios de médio, alto e altíssimo padrão entre os diferentes bairros e regiões da cidade.
 
Ele observa, ainda, que a mão de obra nos condomínios vem se tornando escassa, em razão da migração de muitos trabalhadores para a construção civil e também da expansão do número de postos de trabalho com a entrega de empreendimentos recém-construídos, que atraem funcionários de outros prédios oferecendo ganhos maiores.
 
“A seleção está cada vez mais difícil, pois os melhores profissionais já estão colocados”, diz.
 
Por sua vez, afirma o gerente da Lello, os síndicos estão cada vez mais exigentes, e a seleção está sendo feita com uma nova configuração, perfil e riqueza de detalhes. “Trabalhamos cada vez mais com cargos como gerentes Prediais, gerentes administrativos e encarregados de manutenção. Também se exige mais especialização do pessoal de portaria, limpeza e zeladoria, levando esses profissionais a buscar desenvolvimento em cursos oferecidos em sindicatos ou entidades educacionais”.
 
Bamonde observa, ainda, que a maioria dos novos condomínios não oferece mais moradia aos zeladores. “Está havendo uma mudança importante no perfil desse tipo de profissional”, conclui.
 
http://www.lellocondominios.com.br 

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...