O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Convivência

Sem preconceito

Família do zelador, caso more em condomínio, pode usar a piscina

Publicado em: quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

 Proibir famílias de zeladores de entrar na piscina do condomínio é ilegal

Rachkorsky diz que regra vale para trabalhadores que moram no prédio
 
Proibir famílias de zeladores que moram nos condomínios de usar a piscina ou a quadra do condomínio é ilegal, segundo o especialista Márcio Rachkorsky.
 
"Essa regra de que filho de zelador não pode usar a piscina ou a quadra é ilegal por mais que esteja escrito na convenção do condomínio. Quando um zelador mora no prédio, para os filhos dele, ali é a casa deles, então ele pode usar as áreas de lazer, mesmo que na convenção proíba. Se tiver isso é ilegal, é preconceito. Se você tem uma empregada que mora na sua casa, ali é o lar dela, então ela também pode usar as áreas de lazer. Agora, se ela vem e volta para casa dela, não” disse.
 
Apesar de estar na lei, muitos prédios proíbem que funcionários utilizem a piscina. Não é o caso de um condomínio em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo, que decidiu mudar regra interna e permitiu que o filho do zelador usasse as áreas de lazer, como mostrou reportagem do SPTV desta terça-feira (11).
 
O zelador José Soares conta que seu filho, Carlos Soares, fez o pedido ao síndico para que pudesse frequentar a piscina.
 
“Para nós sempre foi assim e vai continuar sendo porque não dá para você gerar um preconceito, principalmente se falando de criança”, diz a subsíndica Sônia Maria Nunes.
 
Alguns moradores acham que a medida deve se estender para a família do zelador. “Ainda acho que a mãe e o pai deveriam participar também. São moradores do prédio e acho que não tem necessidade dessa separação”, afirma o maquiador e cabeleireiro Celmis Ferreira.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...