O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Setor de segurança

Condomínios ajudaram a puxar expansão de 74% na última década

Publicado em: sexta-feira, 27 de julho de 2012

 Segurança privada no Brasil cresce 74% nos últimos dez anos

Violência no país levou a crescimento expressivo deste setor. Investimento em segurança começa a ser feito ainda no projeto de novos empreendimentos.
 
Pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) aponta que em dez anos, a segurança privada cresceu 74% no Brasil. O brasileiro gasta quase R$ 40 bilhões com seguro e contratação de trabalhadores em segurança.
O aumento da violência fez crescer também o mercado de equipamentos de proteção. Hoje, o investimento em segurança começa a ser feito ainda no projeto dos novos empreendimentos. As câmeras de vigilância 24 horas estão por todos os lugares, em condomínios luxuosos e nos mais modestos.
 
A necessidade desse tipo de serviço vai surgindo conforme os prédios vão sendo erguidos em São Paulo. José Antonio Caetano é sócio de uma empresa de segurança que cresce 10% ao ano.
 
“Hoje a prioridade número um é segurança. A construtora entrega os prédios com tubulação pronta, porque sabe que a qualquer momento vai ser instalado um sistema de equipamento”, diz.
 
Para o Instituto Sou da Paz, ONG que pesquisa as causas da violência, esse tipo de investimento em segurança privada dá uma falsa sensação de proteção e não resolve o problema. “Um profissional de segurança pode inibir, mas não vai impedir que aconteça um roubo. Tem fator inibidor, mas não é solução definitiva”, opina Melina Risso, diretora do Instituto Sou da Paz.
 
As empresas dizem que precisam investir sempre em novos equipamentos e no treinamento dos vigilantes. O setor de segurança no Brasil emprega 1,5 milhão de trabalhadores.

Fonte:http://g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...