O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Convivência

Síndico agredido

Violência foi motivada por inadimplência de morador

quarta-feira, 21 de março de 2018

Morador agride síndico dentro de condomínio em Fortaleza

Para assistir esse vídeo, acesse aqui. Você será redirecionado para outro site.

Segundo síndico, condômino deve R$ 28 mil e dívida motivou agressão; câmaras registraram briga.

Câmeras de segurança de um condomínio registraram uma briga entre um morador e o síndico de um prédio no Bairro Manoel Dias Branco, em Fortaleza. Segundo o síndico Leonardo Brunelli, a briga foi motivada por uma dívida de cerca R$ 28 mil que o morador tem com o condomínio.

De acordo com o síndico, ele entrou de carro no condomínio, por volta das 17 horas, quando foi abordado pelo morador, que fez ofensas e xingamentos e partiu para a agressão física. Os dois foram separados pelo porteiro do prédio.

“Ele chegou muito perto de mim, e eu disse para ele não encostar em mim porque caso encostasse ele ia sair de lá de maca. Então, ele riu, enfiou a mão no bolso e tirou a faca. Colocou no meu pescoço mas não sabia que era uma faca. Quado eu reagi. Só vi que era uma faca quado ele caiu após um soco”, explicou.

Condômino preso em flagrante

Segundo a polícia, o agressor de 43 anos, foi preso em flagrante por tentativa de homicídio. O boletim de ocorrência foi registrado no 9º Distrito Policial, mas o homem está detido no 1º Distrito Policial, pois tem curso superior. Segundo a polícia, em depoimento, o condômino disse que a confusão começou porque o síndico cobrava juros muito altos.

Brunelli disse que nunca chegou a cobrar qualquer dívida pessoalmente, pois existe uma empresa que cuida dos assuntos jurídicos do condomínio.

“Não há cobrança direta. Da minha parte não houve. Não houve nenhuma abordagem de síndico. Temos empresas contratadas para esta cobrança, que ocorre administrativamente”, afirmou.

O G1 entrou em contato com a delegacia onde está o suspeito. Por telefone, um inspetor afirmou que um advogado já assumiu o caso. O advogado estava na delegacia, mas não quis se manifestar.

Fonte: g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...