O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×
Cadastrar
Entrar
Cotar Pedir orçamentos
Seja um fornecedor
menu
Crimes no condomínio

Tentativa de assassinato

Mulher é condenada por tentar matar síndico

segunda-feira, 11 de novembro de 2019
WhatsApp
LinkedIn

Mulher é condenada por tentar matar síndico de seu prédio

A pena foi fixada em 8 anos de reclusão

O Tribunal do Júri de Brasília, em cumprimento à programação do Mês Nacional do Júri, condenou J. F. d. S. a 8 anos de reclusão, por tentar matar o síndico de seu prédio com um golpe de faca, após discussão entre eles. A ré foi condenada por tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil (artigo 121, §2º, II, c/c art. 14, II, todos do Código Penal).

De acordo com a acusação do Ministério Público, o caso ocorreu no dia 9/12/2018, por volta das 3h30, em via pública do Varjão, em razão de discussões banais decorrentes de relação de vizinhança.

Segundo os autos, o síndico do prédio em que ambos residiam, recebeu, de outros moradores, pedidos para que tomasse providências contra a ré, porquanto esta teria o costume de utilizar o som alto na madrugada, além de usar entorpecentes em seu apartamento. No dia dos fatos, o síndico estava com sua companheira na porta do edifício, quando passaram a receber reclamações de outros moradores sobre condutas da acusada, momento em que a vítima foi ao apartamento da ré para informar das reclamações, tendo esta lhe xingado. Após descer ao pilotis do prédio, a ré teria descido com uma faca e desferido um golpe nas costas da vítima.

A ré irá cumprir a pena inicialmente em regime fechado.

Processo: 2018.01.1.036936-2

Fonte: https://www.jornaljurid.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...