O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Troca de administradora

Condôminos do PAR sentem dificuldade em trocar prestadora de serviço

Publicado em: sexta-feira, 12 de julho de 2013

 Moradores pedem saída de administradora de condomínio

Em nota, CEF afirma que não foram detectadas irregularidades
 
Moradores do residencial Sérgio Vieira de Melo, situado no conjunto Orlando Dantas, continuam na bronca com a empresa Contadata responsável por administrar o condomínio. O residencial foi entregue em 2006, mas foi em outubro de 2010 que o condomínio passou a ser administrado pela empresa. O fato já foi noticiado pelo Portal Infonet e os condôminos cobram um posicionamento por parte da empresa e da Caixa Econômica Federal (CEF).
 
Segundo os condôminos, manutenções e reparos desnecessários foram feitos por um ex-fiscal da empresa, causando prejuízo a população que reside no local. O morador José Marcelino da Silva alega estar sendo prejudicado e garantiu que dentre as irregularidades, está o aumento dos valores cobrados pela empresa para realizar os serviços no condomínio.
 
“A Contadata dizia que o serviço foi realizado e alguns moradores inocentes assinavam sem saber. Através da nossa vistoria nas contas descobrimos que o serviço não foi realizado e nenhuma fiscalização foi feita por parte da Caixa Econômica e nem da Contadata. O conserto de uma manutenção elétrica, supomos que seja de R$ 50 reais, ele botava R$ 400 reais. Se o serviço é R$ 20 reais, cobra R$ 400 reais. tinha até vazamento de água na rua 22, e lá não tem rua 22. Então, a gente quer mais transparência da Caixa e da Contadata e que esta saia da administração do condomínio o mais rápido possível”, diz o denunciante.
 
O mesmo morador informa que o contrato do condomínio com a empresa Contadata se encerra em outubro deste ano, mas que os moradores pedem que o contrato seja cancelado. “A gente quer que rompa o contrato o mais rápido possível e não deixe esperar até outubro. O condomínio está abandonado, tudo lá está desorganizado. A limpeza é precária e não funciona. Nunca varreram o condomínio, só faz a maquiagem na rua e pronto. A gente quer mais respeito e transparência por parte da Caixa e da Contadata”, clama.
 
Uma alternativa sugerida pela Caixa Econômica seria a administração compartilhada. “O problema é que haver essa administração, teremos que ter a aprovação em assembleia de dois terço dos moradores o que equivale a 335 pessoas, mas a gente não vai conseguir essa totalidade. Seria interessante que a Caixa atendesse os moradores e que fizesse um rodízio de empresas para administrar o condomínio”, diz um outro morador.
 
 
A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a gerência da Contadata [preferiu que não fosse citado o nome] que informou que consultou o setor jurídico e a diretoria da empresa e que a informação passada foi de que por força de contrato entre a Empresa e a Caixa Econômica Federal, a Contadata não pode se pronunciar, ficando a cargo da Caixa.
 

Caixa Econômica

 
A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação da Caixa que encaminhou uma nota à redação.
 
A Caixa Econômica Federal informa que no residencial Sérgio Vieira de Melo não foram detectadas irregularidades nas prestações de contas, além disso, o condomínio possui Comissão Fiscal composta por moradores que também atestaram as contratações e pagamentos.
 
No que se refere à substituição da administradora, é um processo que pode ocorrer se houver efetiva comprovação de descumprimento de cláusulas contratuais pactuadas, mas até a presente data, as reclamações em relação à empresa não justificam a necessidade de rescisão contratual.

Fonte: http://www.infonet.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...