O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Uso da água

Condomínio de luxo é acusado de fazer 'gato' para consumo, em Mirasol (SP)

Publicado em: segunda-feira, 26 de maio de 2014

Condomínio de luxo é acusado de furtar água

Fachada do condomínio: administração não quis se manifestar O condomínio de luxo Golden Park, localizado em frente ao clube Monte Líbano, em Mirassol, é investigado pela polícia acusado de furtar água da Sanessol, empresa responsável pelo abastecimento na cidade. 
 
De acordo com a concessionária, foram encontrados, nesta quarta-feira, 21, cinco pontos do chamado "gato" – violações de hidrômetros ou redes clandestinas. O desvio servia para irrigação de grama em áreas verdes e de um campo de futebol, além de trocar a água da piscina. O prejuízo está avaliado em R$ 160 mil. 
 
A fraude descoberta nesta quarta, segundo a Sanessol, ocorria desde outubro em uma média de R$ 20 mil por mês. Um funcionário da empresa que já desconfiava do furto, flagrou um caminhão pipa sendo abastecido dentro do condomínio através de uma das cinco ligações clandestinas. A Polícia Militar e a perícia da Polícia Civil constataram o crime. 
 
Segundo a denúncia, para o furto da água, foram instalados, diretamente na rede pública, canos de uma polegada e meia a duas polegadas, que permitem uma vazão bem maior dos que os canos usados normalmente, de ¾ de polegada. 
 
A assessoria de imprensa da Sanessol informou que o fornecimento de água para o condomínio foi cortado e o departamento jurídico da empresa está analisando como o condomínio poderá fazer o ressarcimento do valor devido. 
 
Um inquérito foi instaurado para investigar o caso. “Testemunhas serão ouvidas e iremos aguardar o laudo pericial para esclarecer o crime”, afirmou o delegado Marcelo Rogério Barozzi. Os administradores do condomínio podem ser indiciados por furto qualificado. Se condenados, a pena varia de dois a oito anos de detenção. 
 
Procurado pela reportagem, o gerente do condomínio, identificado como Márcio, pediu à secretária para informar que não tinha conhecimento sobre o que estava acontecendo e iria até a Sanessol para ter informações. Em nota. a Sanessol informou que registra em média 30% de perdas de água em Mirassol. 
 

Fonte: http://www.diarioweb.com.br/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...