O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Vigilantes de condomínio

Preparação é insuficiente para profissional, garante especialista

Publicado em: terça-feira, 19 de junho de 2012

 Rodrigo Pimentel: 'Preparação e seleção de vigilantes são precárias'

Comentarista de segurança pública fala sobre o curso que habilita o vigilante a trabalhar em uma agência bancária, shoppings e condomínios.
 

 

Os seguranças que estão nos bancos, nos condomínios, nas empresas, todos eles recebem um treinamento considerado insuficiente. É o mesmo curso. O curso que habilita o vigilante a trabalhar em uma agência bancária, é o que habilita ele a trabalhar em um condomínio, em uma escola particular, em uma universidade, em um shopping
 
É precária a preparação e precária a seleção. Eu fiquei 12 anos na polícia e atendi a duas ocorrências em banco iguais ao caso desta segunda (3) em São Paulo. Em Rezende, o cliente foi baleado e morreu. No Rio de Janeiro, em Ipanema, uma cliente foi gravemente ferida.
 
Ou seja, a Polícia Federal, que fiscaliza, precisa ter uma atenção especial. São 440 mil vigilantes no Brasil, é um exército, e o mais perigoso é a questão psicológica, emocional do vigilante.
 
Brasil, Itália e Colômbia são os três países que obrigam a presença de um vigilante armado. A tecnologia que existe hoje, como as portas com detectores de metais, os cofres de tempo, o sistema de televisão, essas tecnologias têm dispensado vigilantes em todo o mundo.
 
O roubo armado está acabando no Brasil. No Rio de Janeiro, tínhamos 50 casos por mês há 7 anos, e hoje temos um caso por mês.
 
No interior, ainda existe sim a necessidade de um vigilante armado, vemos eventualmente ações com 10, 15 bandidos, em cidades no interior da Bahia ou de Minas Gerais. Mas nas grandes capitais, é desnecessário, como as estatísticas vem comprovando.
 

Fonte: http://video.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...