O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Vizinho indesejado

Condomínio em Sorocaba (SP) tem jacaré como morador de sua lagoa

Publicado em: sexta-feira, 13 de setembro de 2013

 Sorocabano pede 'despejo' de jacaré que vive em lagoa de condomínio

Animal tem entre dois e três metros. Morador diz que o jacaré está no local há, pelo menos, três anos.
 
Um jacaré está assustando moradores do condomínio Lagoa da Boa Vista, no bairro Vicente de Morais, em frente ao Parque Chico Mendes, em Sorocaba (SP). Um morador do local está preocupado com a segurança, principalmente, das crianças. Rogério tem dois filhos, um de cinco e outro de apenas dois anos.
 
"Um dia estávamos brincando, a bola caiu próximo a lagoa e quando vi meu filho caçula estava a 20 passos do jacaré. Foi uma sensação péssima. Depois do susto resolvi tirar a foto para mostrar o perigo", conta o empresário Rogério Pinheiro Sampaio que utilizou o aplicativo para celulares Tem Você.
 
Rogério mora no condomínio há quatro anos e se lembra que o jacaré foi visto pela primeira vez na lagoa ainda filhote. Hoje, o animal está com quase três metros de comprimento, segundo ele. A lagoa a qual ele se refere fica no fundo do parquinho onde as crianças brincam.
 
"O animal passa a maior parte do tempo tomando sol, fora da lagoa que fica a uns 50 metros da rua", comenta ele.
 
São 400 lotes no condomínio e, pelo menos, 300 casas, segundo o morador. Rogério conta que desde o início condomínio e Polícia Ambiental não chegam a nenhum acordo sobre o jacaré.
 
"A polícia ambiental fala que não é para tirar o jacaré de lá, porque é o habitat dele mas, eu fico pensando se foi dada uma autorização para construir casas ali é porque não é mais habitat de bichos e sim, de pessoas, não é?", pergunta indignado o empresário.
 
Segundo a Polícia Ambiental o jacaré do papo amarelo não apresenta nenhum perigo a comunidade e não vai ser retirado do condomínio. A polícia acredita que o jacaré foi  trazido, ainda filhote, por alguém que foi pescar no estado do Mato Grosso.
 
O animal só pode ser retirado se o condomínio encaminhar pedido ao Ministério Público e a promotoria designar o Zoológico Quinzinho de Barros ou algum outro para fazer a captura do jacaré. A Polícia Ambiental é um órgão fiscalizador só iria resgatar o animal se ele estivesse em cativeiro.
 
A empresa que administra o condomínio, Bersi Adminstradora, informou que tem conhecimento do desejo dos moradores da retirada do animal  e que vai providenciar os trâmites legais.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...