O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque para um navegador moderno para ter uma melhor experiência no SíndicoNet 😉

Saiba mais ×

Favoritos

Entrar

Obrigações

Acordos coletivos de trabalho

Algumas categorias de terceirizados já concluíram suas negociações

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020
WhatsApp
LinkedIn

Negociações coletivas de trabalho de algumas categorias de mão de obra terceirizada, que atendem inclusive condomínios, já chegaram em acordos coletivos.

Segundo o SEAC-SP (Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação no Estado de São Paulo), a partir de 1º de janeiro de 2020, o novo piso salarial é de R$ 1.201,30 e o reajuste para os demais é de 3,50%, sendo aplicado em todos os salários das funções existentes na Convenção Coletiva da categoria.

Levando em consideração toda a negociação, o impacto financeiro nos contratos vigentes de prestação de serviço da categoria é de 3,97%. Para saber mais detalhes do acordo coletivo, acesse o site do sindicato.

Os sindicatos Sesvesp (Sindicato das Empresas de Segurança Privada, Segurança Eletrônica e Cursos de Formação do Estado de São Paulo) e Seevissp (Sindicato dos Empregados em Empresas de Vigilância, Segurança e Similares de São Paulo) firmaram acordo coletivo para a categoria de vigilantes na cidade de São Paulo.

Os reajustes dos valores acordados na Convenção Coletiva 2019-2020 geram impacto econômico financeiro de 5,68% na escala 12x36 e 6,17 % para demais escalas, a será aplicado nos contratos de prestação de serviços a partir de 1º de janeiro de 2020. Para mais detalhes, acesse o site dos sindicatos Sesvesp e Seevissp.

Matérias recomendadas

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.