O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Atenção na portaria

Assaltantes de prédios usavam carro com placa clonada

quinta-feira, 18 de julho de 2019
WhatsApp
LinkedIn

Suspeitos usavam carro com placa clonada para entrar em condomínios de luxo e furtar apartamentos no AM; 2 são presos

Com a ação, os suspeitos burlavam portarias de residências

Uma mulher e um homem foram presos suspeitos de participarem de, ao menos, sete furtos a condomínios de luxo em Manaus, na terça-feira (16). Eles clonavam placas de carros e se passavam por moradores. Com a ação, os suspeitos burlavam os sistemas de portarias desses locais.

De acordo com o delegado da Delegacia Especializada em Roubos Furtos e Defraudações, Demétrius Queiroz, Valdenice de Aquino Silva, de 38 anos, já havia sido presa anteriormente por suspeita de cometer furtos pela cidade. Segundo o delegado, ela já responde a sete processos pelo mesmo crime.

“Iniciamos as investigações. Ouvimos as vítimas. Identificamos Valdenice em imagens de câmeras de segurança. Pedimos pela prisão preventiva dela, que foi decretada e continuamos as investigações para chegarmos a mais envolvidos”, explicou o delegado.

Ainda conforme o delegado, Valdenice e um homem identificado com João Batista Gomes Silva Junior, de 27 anos, haviam clonado a placa de um carro em um shopping da cidade para cometer os crimes.

“Eles induzem os porteiros a erros. Eles chegam, não abaixam o vidro, ficam forçando a situação. O porteiro acha que são moradores e entram. Nos condomínios, eles usam uma chave mestra em apartamentos mais fáceis de entrar e retiram joias”, explicou Queiroz.

O delegado ainda comentou que, em alguns dos condomínios, Valdenice afirmou, em depoimento à polícia, que já havia feito serviços como garota de programa nos locais, o que a facilita os crimes.

Durante a prisão da dupla, a polícia recuperou 17 relógios, cinco celulares, bolsas, mochilas, além de óculos de sol, joias, carteiras e um notebook.

Apresentados em uma coletiva de imprensa na quarta-feira (17), na delegacia, Valdenice e João preferiram não comentar sobre os crimes.

Um terceiro envolvido nos crimes também foi identificado. A polícia deve continuar as investigações para chegarem até ele.

Valdenice foi indiciada pelo crime de furto qualificado. Após os procedimentos cabíveis na delegacia, ela deve ser encaminhada para o Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF). João também foi indiciado pela participação nos crimes.

Fonte: g1.globo.com

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...