O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Coluna: De Olho no Mercado

Atividades educacionais em condomínios

Profissionais educadores criam projeto para crianças dentro de condomínios

Por Mariana Ribeiro Desimone - 18/05/18 05:08
Atualizado há 56 dias por Caroline Silva
Profissionais educadores criam projeto para crianças dentro de condomínios

Fica cada vez mais clara a tendência de que os condomínios não são apenas moradia.

Esses empreendimentos, onde passamos cada vez mais tempo, podem emprestar seu espaço para as mais diversas vivências, para atender com segurança e qualidade diversos tipos de demanda dos moradores.

Em grandes cidades, como São Paulo, o trânsito e a insegurança deixam não só os adultos com menos tempo para suas atividades, mas as crianças também. 

Pensando em atender diversas demandas de famílias que moram em condomínios paulistanos, uma equipe de ex-coordenadoras e professoras da Escola Viva, algumas com 25 anos de história na escola, uniram suas expertises em educação e fundaram a NAU, Práticas Educativas. 

A Nau oferece programas bem estruturados e customizados para diversos públicos.

Nossa proposta é oferecer diversos serviços para essas famílias. Desde orientação de estudos para as crianças, passando por curso de formação de babás, rodas de conversas para pais, até cursos de férias para os menores”, explica Anna Mariano, uma das fundadoras do projeto

Dessa forma, necessidades comuns de diversas famílias podem ser oferecidas no próprio condomínio, evitando, assim, a necessidade do deslocamento e promovendo a integração dos moradores e das crianças que ali residem.

Contraturno escolar em condomínio

Nesse modelo de serviço, a NAU oferece pacotes de atividades que podem variar uma a cinco vezes por semana.

“Além de ajudar com as lições de casa, a ideia é oferecer uma situação-problema para deixar as crianças com vontade de aprender. Além disso, oferecemos também aulas de inglês, artes, linguagem, música”, explica a co-fundadora.

As turmas são multisseriadas na maior parte do tempo. Porém, para a orientação de estudos e aulas de inglês a intenção é a de separar as crianças de acordo com o nível/idade de cada um. 

“Também oferecemos aulas-passeio duas vezes por mês. Uma visita guiada para entender melhor o entorno, a cidade, é algo que desperta muito a curiosidade das crianças”, adiciona Anna.

Ana Lucia e Anna Mariano

CRIANÇAS MENORES

Para as crianças menores, a oferta de atividades é diferente. É focada em encontro e convivência, jardinagem, leitura e contação de histórias.

Rodas de conversa entre pais e profissionais educadores

É bastante comum que esporadicamente o condomínio enfrente problemas com jovens ou crianças em áreas comuns.

Temas como descumprimento de regras no condomínio, mau uso de quadras e outras áreas comuns, barulho excessivo, brigas entre os filhos podem ser difíceis de resolver. 

Uma opção para esse tipo de situação pode ser uma roda de conversa entre pais e profissionais educadores.

“Os problemas que os pais enfrentam podem receber uma nova luz se conversados e divididos com outros pais e com um profissional que veja a situação de fora”, explica Anna.

Para esse tipo de encontro, o preço médio é de R$ 80 a R$ 100 por família. 

Curso para formação de babás 

Outra demanda crescente, dependendo do perfil do condomínio, é a de profissionais para cuidarem de bebês e crianças pequenas. 

Com cinco módulos, o objetivo do curso é dar um panorama do desenvolvimento da criança e do cuidado com a mesma

“Nossos módulos passam por uma conversa inicial com os pais, para que as demandas sejam melhor entendidas pelas profissionais. Os outros módulos são para as babás”

  1. Vínculo com a criança: a importância do brincar
  2. Linguagem: contação de histórias
  3. Regras e limites: uso de jogos 
  4. Higiene: cuidados com o corpo

Como é uma preocupação recorrente para as famílias que contam com esse tipo de apoio em casa, e cada uma pode ter demandas diferentes, os módulos podem ser feitos separadamente, e custam cerca de R$ 80 a R$ 100 por profissional. 

Curso de férias para crianças

E com a proximidade das férias, muitos condomínios começam a buscar alternativas para entreter os pequenos no período.

“Nossa proposta é oferecer diversas atividades para crianças de 3 a 11 anos, trazendo alegria e integração às crianças do condomínio, de forma que os pais possam ficar tranquilos que seus filhos estarão aproveitando bem as férias na segurança do condomínio”, argumenta Anna.

Para mais informações

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...