O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Administração

Aumento da taxa

Em Brasília, reajuste pode ser de 28% devido a salários e contratos

Publicado em: quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

 

Tarifas dos condomínios podem aumentar até 28%

Reajuste das tarifas e dos salários é o principal argumento para o aumento da taxa nos edifícios com administração terceirizada. Índice ultrapassa em cinco vezes a inflação de 2012. Na gestão direta, a taxa poderá subir 18%.

 

O reajuste médio previsto para este ano é de 28%, de acordo com estimativa do Sindicato dos Condomínios Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (Sindicondomínio). O percentual, que está acima da inflação acumulada em 2012, de 5,43%, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), corresponde à terceirização do serviço. Nos prédios que têm administração própria, a alta deve ser de 18%. A justificativa é o aumento de 11,2% na tarifa de água, atualizada em março do ano passado, cujo consumo mínimo passou de R$ 17 para R$ 18,90, além dos salários dos funcionários que atuam na área de limpeza e conservação, previsto para o biênio 2013/2014.

 

“É necessário considerar a inda a variação de 1,8% no valor total da taxa de condomínio, atrelada aos serviços de manutenção de equipamentos, tais como elevadores e extintores”, acrescentou o presidente do Sindicondomínio, José Geraldo Pimentel.

 

Pimentel calcula que, com o reajuste acima da inflação, mais de 30% do total de 11,6 mil condomínios filiados à entidade cobram taxas acima do valor do aluguel de alguns móveis.

“Infelizmente, é essa a realidade da capital do país. Nossa orientação é de que o síndico reveja os gastos com pessoal e com água e energia”, afirmou. 

 

 

Fonte: http://www.vermelho.org.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...