O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Manutenção

Com manutenção

Elevador despenca do nono andar e deixa sete feridos no RJ

Publicado em: quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Elevador despenca e deixa feridos em Botafogo, na Zona Sul do Rio

Equipamento caiu do 9º andar de prédio na Rua da Passagem. Segundo porteiro, elevador foi liberado após reforma há 15 dias.
 
Um elevador despencou do nono andar de um prédio comercial na Rua da Passagem, número 123, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, por volta de 9h15 desta quarta-feira (5). Segundo a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros, sete pessoas ficaram feridas, uma delas em estado um pouco mais grave.
 
Segundo Jaqueline Mendonça, que trabalha em uma agência publicitária no prédio há dois anos e fotografou o elevador destruído, o ferido com mais gravidade estava com a perna muito machucada.
 
“Não acredito que dois elevadores possam cair em um dia só, mas por prevenção, os funcionários estão preferindo subir de escada”, disse.
 
Bombeiros do Quartel do Humaitá foram chamados ao local e socorreram as vítimas, que foram encaminhadas para os hospitais Miguel Couto e Souza Aguiar. Até as 12h, não havia informações sobre o que causou a queda do equipamento. O caso será investigado pela 10ª DP, em Botafogo.
 
Segundo o porteiro Aldair Quilima da Silva, de 51 anos, que trabalha há 15 anos no local, o prédio tem quatro elevadores e o que despencou havia passado por reforma de modernização durante um ano, tendo sido liberado há 15 dias. "Na hora em que o elevador despencou, foi um desespero total. Teve gente chorando, gritando, e nós que trabalhamos aqui não podíamos fazer nada. Esperamos os bombeiros chegarem”, contou.
 
O publicitário Mateus Tapioca, de 36 anos, disse que os elevadores apresentavam problema havia cerca de seis meses.
 
“Várias pessoas já ficaram presas nesses elevadores. Era uma coisa rápida, mas era um problema. Eu não tenho pânico, mas eu mesmo já fiquei preso em um. Agora temos que aguardar a perícia e a polícia. Só que agora vou ficar com receio de andar nestes elevadores", explicou Mateus, que trabalha em uma agência de publicidade no prédio há um ano.
 
A gerência da filial do Centro da Otis, empresa fabricante e responsável pelas reformas do elevador, que tem capacidade para 10 pessoas, enviou uma equipe de engenharia ao local para analisar o equipamento e informou que só vai se pronunciar após os resultados.
 

Trânsito

 
Segundo o Centro de Operações Rio, uma faixa da via foi interditada, por volta das 10h, na altura da Rua Arnaldo Quintela, para o trabalho das equipes de socorro. Havia retenções no local, nesse horário.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...