O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Ambiente

Condomínio comercial

Veja iniciativas de sustentabilidade em empreendimento e Brasília

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Sustentabilidade em condomínio comercial

O condomínio do Centro Clínico Sudoeste, localizado em bairro nobre de mesmo nome em Brasília, fez importante obra em suas dependências. Em exatamente um mês (entre março e abril de 2017) fez a remoção de todo policarbonato e vigas de sustentação do pátio central que já estavam com mais de 13 anos e efetuou instalação por estrutura de lona tensionada. Outras etapas estruturais se estenderam até o final de junho de 2017. 

Mais de 7 toneladas de metal foram removidos e encaminhados para reciclagem. Com os recortes da lona, ao invés de incineração optou-se por contratar cooperativa de artesãos do DF para confecção de lindas bolsas promocionais do edifício.

Combinou-se a lona com brim verde ou vermelho (cores do logotipo) e distribui-se entre os condôminos com intuito de auxiliar em compras de supermercado por exemplo, aderindo a moda das bolsas ecológicas, evitando o consumo e despejo dos sacos plásticos. 

Além de melhor proteção contra chuva, poeira e sol, passou-se a ter um ambiente mais bonito, moderno, melhor iluminação natural e com temperaturas mais agradáveis. Ganhou-se também na melhor circulação de ar e até mesmo na acústica, pois o material faz menos barulho que o antigo em caso de chuvas, fator importante em prédio constituído predominantemente por clínicas médicas e odontológicas.

A noite, com a oscilação de calor, ouvia-se estalos frequentes pelo trabalho do policarbonato. A melhor circulação de ar inclusive, previne a proliferação de doenças, sobretudo as respiratórias. 

Como os arcos e cones que sustentam a lona são mais elevados que a cobertura antiga, obteve-se uma maior sensação de amplitude e espaço nos mais de 900 m2 compreendidos, que podem ser avistados agora de uma boa distância

Ressalta-se ligando com o descrito acima, que somente com projeto de arquitetura e uso do material adequado, há expressiva economia de energia elétrica, com refrigeração por exemplo, ou mesmo iluminação que só necessita de ser ligada no início da noite. 

Duas equipes distintas trabalharam no projeto, uma brasiliense para remoção (AGR instalações) e outra mineira (Tensitex) para instalação da nova cobertura. 

Novo projeto de iluminação também foi feito, para ressaltar a beleza das telas naturais. A lona branca, acaba servindo com elemento refletivo para a projeção das luzes coloridas instaladas. Em Brasília, é muito comum que os prédios da Esplanada dos Ministérios mudem a cor da iluminação conforme época do ano. As cores luminotécnicas lembram os brasilienses e todos os brasileiros de datas como “maio amarelo” (segurança no trânsito) , “outubro rosa” (prevenção do câncer de mama) e “novembro azul” (conscientização do câncer de próstata). O prédio seguirá a mesma diretriz, especialmente, por ser focado na área de saúde. A nova estrutura pode durar mais de 30 anos com manutenção bastante simples, ou seja somente com água e sabão neutro. 

O resultado agora visto, é fruto de trabalho iniciado em 2015, quando se viu a necessidade de contratação de empresa de arquitetura (Ornatus Arquitetura) para propor uma nova solução técnica para a cobertura e revitalização do prédio como um todo, informou o síndico Marcelo Sicoli, no cargo há cinco anos. A relação custo x benefício da escolha frente a outros materiais é vencedora frente a boa parte dos outros concorrentes cogitados, vale frisar. 

Fotos e filmagens de todas as etapas foram feitas e breve vídeo oficial de 27 minutos resume toda a realização, incluindo tomadas aéreas do “antes” e “depois” feitas com drone. Diferença gritante segundo palavras de muitos. Link no youtube, que solicitamos que por favor assistam: https://youtu.be/r1OiFm5J9dQ 

As tensoestruturas estão em alta por conta de sua aplicação em coberturas que vencem grandes vãos, aplicação especialmente interessante para as arenas e estádios construídos ou adaptados para os grandes eventos esportivos que o Brasil recebeu nos últimos anos. No Brasil, podemos ver aplicações no Morro da Urca(Rio de Janeiro), Autódromo de Interlagos(São Paulo), Casa Park e Park Shopping (Brasília), Feira de Ananindeua (Belém- PA), Aeroporto Internacional de Confins(Minas Gerais) , Estádio Independência ( Belo Horizonte–MG), Arena Fonte Nova (Salvador-BA) etc. Ao redor do mundo Millenium Dome (Londres-Inglaterra), Aeroporto de Denver(Colorado-EUA), Aeroporto de Jeddah (Arábia Saudita), Premium Outlets North de Las Vegas(EUA), Estádio Olímpico de Munique (Alemanha), Hotel Burj al Arab (Dubai – Emirados Árabes) e centenas de outros.

Fonte: http://www.administradores.com.br

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...