O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
Segurança

Contra arrastões

Condomínios paulistanos apostam em procedimentos de segurança

Publicado em: quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Condomínios investem em segurança para evitar arrastões

Câmeras e controle na portaria são algumas das medidas adotadas.Sindicato da Habitação e Polícia Militar dão dicas de segurança.
 
Condomínios em São Paulo desenvolvem regras para melhorar a segurança de moradores e funcionários. Controle na portaria e câmeras de monitoramento são alguns dos recursos usados por um prédio na Zona Sul da cidade para evitar possíveis arrastões.
 
O prédio tem cinco espelhos para que os moradores consigam ver a rua antes de deixar o condomínio. Além disso, qualquer visitante precisa apresentar um documento para que a entrada seja liberada.
 
"O funcionário é treinado até para verificar um falso documento e toda a entrada, mesmo que se dê o documento, só acontece após a liberação verbal do morador", afirma o síndico Adriano Ambrosini.
 
O condomínio tem mais de mil moradores e a entrada deles é liberada apenas pelos porteiros, assim como o portão da garagem. Sessenta e quatro câmeras registram o movimento no condomínio e o síndico quer colocar ainda mais. A portaria é blindada e monitorada por uma central de segurança.
 
"Toda vez que a porta dessa guarita é aberta é acionada a central de monitoramento. Ele consegue ver se tem alguém estranho dentro da guarita", explica a gerente da empresa de segurança responsável Ana Paula Ipólito.
 
Para os prédios que não têm condições de montar um esquema de segurança como esse, alguns cuidados simples podem ajudar:
 
- Deixar a lista de convidados para uma eventual festa na portaria
- Descer para pegar encomendas
- Respeitar as regras de segurança do prédio
 
Essas e outras sugestões de segurança estão em um folheto que a Polícia Militar, em parceria com o Sindicado da Habitação (Secovi), vai entregar em condomínios de São Paulo. "Dentro dessa parceria a gente vai estar em contato com a Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública, para entender quais são as melhores atitudes preventivas que o condomínio pode tomar", afirma o presidente do Secovi, Cláudio Bernardes.

Fonte: http://g1.globo.com/

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...