O seu navegador é muito antigo :-(

Dica: Troque gratuitamente para um navegador mais atual para ter uma melhor experiência no SíndicoNet ;-)

Escolha um navegador ×
José Elias de Godoy

Conversa fiada

Conheça algumas das desculpas mais usadas para invadir um condomínio

* por José Elias de Godoy

Os marginais, atualmente, têm-se utilizado dos mais diversos ardis para entrar nos condomínios com a finalidade de cometerem algum tipo de delito contra seus moradores. O que chamou atenção foi o ocorrido no bairro do Tatuapé onde foi veiculado na imprensa, o mês passado, da seguinte forma:

Menino de 13 anos é apreendido após assaltar condomínios na zona leste - Um  garoto de 13 anos foi apreendido durante uma ação da Polícia Civil que investiga uma quadrilha de menores que estaria envolvida em diversos assaltos a condomínios pela região de Tatuapé, zona leste da cidade de São Paulo. O menino, que tem traços orientais, é descendente de coreano e utilizava essas características para facilitar a sua entrada em condomínios que tinham moradores orientais. Fonte: http://noticias.r7.com/. de 29/07/2015. 

Diante do exposto podemos verificar que os bandidos lançam mão de todos meios possíveis e imagináveis para atingirem seu objetivo, que é o de invadir os prédios. Porém não é somente aliciando menores que fazem para cometerem tais atos. Vamos demonstrar abaixo os Modus Operandi mais utilizados pelos ladrões para cometimento de delitos em condomínios:

  •  Saltando os muros e cercas do pátio em locais vulneráveis e fora da visibilidade do porteiro ou vigilantes;
  •  Pulando os muros e cercas e, uma vez dentro do condomínio, galgam as varandas dos apartamentos para ter acesso a estes ou, também, pela escada de serviço;
  • Como “passageiros” de veículos de entrega que entram na garagem;
  • Pelo portão de serviço travestidos de prestadores de serviço da Telefonica, Sabesp, Comgás, Eletropaulo, empresas de TV a cabo, de eletricistas, encanadores, entregadores de pizza e encomendas, etc.;
  • Iludindo o porteiro de forma que este permita que o ladrão entre pelo portão principal ou mesmo pelo portão da garagem;
  • Passando-se por comprador de imóvel, ludibriando o porteiro, sob a alegação de ter  que olhá-lo, a fim de fazer uma  avaliação; 
  • Apresentando-se através de uma mulher bonita a fim de distrair a atenção do porteiro  a fim de persuadi-lo a abrir o portão;
  • Pela porta principal ou portão da garagem, acompanhando um morador que entra a pé ou dirigindo um veículo, ameaçado e subjugado pelo assaltante;
  • Tocando a buzina ou piscando os faróis do veículo defronte o portão da garagem para que o porteiro o abra inocentemente;
  • Pelo portão da garagem quando este permanece aberto durante a entrada ou saída de veículos;
  • Pelo uso de artimanha junto ao porteiro, dizendo a este que veio buscar um TV, carro, sofá, etc., do morador, exibindo, até mesmo, bilhete e telefone do condômino para verificação;
  • Como morador do próprio condomínio (normalmente adolescente) ou mesmo como empregado;
  • Passando-se por amigos de moradores ou ainda dizendo-se vizinho a fim de acompanhar o condômino e enganar o porteiro;
  • Apresentando-se como entregador de cesta de café da manhã, flores, encomendas em geral, bem como entregador de jornais e revistas durante a noite;
  • Passando-se por policiais militares, policiais civis e policiais federais, uniformizados ou não, em carros particulares, querendo entrar no prédio;
  • Apresentando-se como oficial de justiça ou advogado querendo forçar a entrada no condomínio sem se identificar;
  • Por ação violenta de surpresa, com quadrilhas especializadas em tais delitos.

O importante é conhecer a maneira de agir dos ladrões a fim de se prevenir contra tais atos e dificultar a ação dos meliantes  uma vez que estando preparados poderemos minimizar os Riscos de surpresas e de ficarmos reféns dessa covarde violência

(*)Consultor de Segurança em Condomínios pela SUAT e autor dos livros "MANUAL DE SEGURANÇA EM CONDOMÍNIOS" e “TÉCNICAS DE SEGURANÇA EM CONDOMÍNIOS”. Maiores informações elias@suat.com.br.

Aviso importante:

O conteúdo exibido nesta seção é gratuito, e apresenta caráter meramente informativo. O Portal SíndicoNet não se responsabiliza pelo conteúdo, nem pelas decisões baseadas nas opiniões e recomendações contidas nesta seção. Assim, o Portal SíndicoNet se exime de qualquer responsabilidade pelos eventuais danos ou prejuízos, de qualquer natureza, que possam decorrer da utilização deste conteúdo, por qualquer meio ou processo, e para quaisquer fins. Em caso de dúvidas, é indispensável a consulta a um advogado ou especialista.
Para saber mais, acesse nosso Regulamento de Uso.

Depoimentos

próximo
Receba nossos Boletins

Mantenha-se Informado com as últimas notícias da área em seu email:

{{errorMessage}}

Assinatura efetuada com sucesso!

carregando...